Sunday, October 08, 2006

E mais algumas perguntas sem resposta... finalmente respondidas, pois!

Como é que o Tarzan conseguia estar sempre barbeado?

Provavelmente roçava cocos na cara.

--

Por que é que a palavra "grande" é mais pequena que a palavra "pequeno"?

Primeiro, é só diferença de uma letra. Segundo, as palavras não são grandes ou pequenas, são curtas ou compridas e, como podes ver, "curto" e mais curta que "comprido".

--

Por que é que fazem embalagens de salsichas com 8 unidades e embalagens de pão com 6?

Sugiro-te que comeces a comprar embalagens de pão com 4 pães e que coloques duas salsichas em cada. Alternativamente, a Nobre também tem latas com 6 salsichas.

--

Por que é que abreviatura é uma palavra tão grande?

Irra, não é grande, é comprida! Seja como for, "abreviatura" é comprida para denotar a necessidade de abreviaturas.

--

Se nada cola no Teflon, como é que o fixaram nas panelas?

O Teflon só é Teflon de um dos lados.

--

Se uma palavra estivesse mal escrita num dicionário, como saberíamos?

Para se saber como é que se escreve uma palavra não se deve consultar um dicionário, mas sim um prontuário. Em todo o caso, tens sempre o sistema da redundância! Vê sempre em dois ou mais dicionários!

(sim, eu sei que já tinha respondido a esta numa edição anterior, mas a verdade é que a minha resposta não satisfazia ninguém)

--

Se cárcere e prisão são sinónimos, por que é que carcereiro e prisioneiro não são?

Calma. Cárcere e prisão podem ser o mesmo edifício, mas lá está, tanto o carcereiro como o prisioneiro estão lá dentro! Não precisam ter as mesmas funções!

--

Se o lápis número 2 é o mais vendido, por que ele ainda é o número 2?

O número do lápis refere-se à composição do mesmo, e não à sua posição no top de vendas da indústria escriturária.

--

Por que é que quando alguém nos pede ajuda para procurar um objecto perdido temos a mania de perguntar: "Onde é que o perdeste?"

Porque a pessoa pode-se lembrar da última vez que viu o objecto e assim já se elimina a quantidade de sítios onde procurar. A partir daí é só seguir o caminho que essa pessoa fez.

--

Se a ciência consegue desvendar até os mistérios do DNA, porque é que ninguém descobriu ainda a fórmula da Coca-Cola?

Não deve haver grande problema em descobrir a fórmula de uma bebida. O problema são as questões legais! A Pepsi, por exemplo, só existe porque a Coca-Cola Company permitiu legalmente a sua existência (afinal de contas, a concorrência pode ser melhor para o negócio que o monopólio).

--

Por que é que quando estamos num engarrafamento a fila do lado anda sempre mais depressa?

Isso é ilusão de óptica. As filas de trânsito, a menos de circustâncias extra, vão alternando a sua velocidade. Simplesmente acontece que nós só reparamos que a fila do lado está a andar mais depressa, mas não reparamos que a mesma fica para trás quando estamos nós a andar, pois estamos concentrados no trânsito.

--

Qual é o sinónimo de sinónimo?

Da maneira como fazes a pergunta até parece que todas as palavras têm que ter um sinónimo, e um só, mas tal não é verdade. Como tal, sinónimo poderá não ter nenhum sinónimo (pelo menos não tem nenhum que me ocorra de momento).

--

24 horas num dia, 24 cervejas numa caixa. Coincidência?

24 cervejas numa caixa, 24 neurónios nessa cabeça. Coincidência?

--

Como se chamava Alexandre, o Grande quando era pequeno?

Chamava-se Alexandre.

--

Qual é a raiz quadrada da distância da Terra até Júpiter em polegadas?

Depende da data, ora!