Thursday, December 28, 2006

Nascido num comboio

Uma mulher deu à luz num comboio de alta velocidade.

Já estou a imaginar a confusão na hora de registar a rapariga...

- Então e onde é que ela nasceu?

- Ali, ali e ali! - diz a Mãe a apontar para o mapa.

Mas isto até que faz sentido, porque afinal a velocidade da luz...

Se bem que deixa de fazer sentido, se repararmos que eles usam a expressão "comboio de alta velocidade" com a CP...

(Sim, foi algures entre Lisboa e Porto, provavelmente no Alfa Pendular, que de vez em quando atinge os 222 quilómetros por hora mas que demora 3 horas a fazer uma viagem de 300 quilómetros, vá-se lá saber porquê...)