Tuesday, December 26, 2006

Não adianta discutir

- Estou sim? Olhe, eu encomendei duas garrafas de gás e ainda não as vieram entregar...

- Qual é a morada?

- XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX, 3º direito.

- Ah! O entregador disse que esteve aí!

- Bem... eu não sai de casa, hoje, estive sempre cá... A morada é essa porque quando encomendo uma piza é essa a morada que dou e ela vem cá ter, e a campaínha funciona porque ainda hoje veio cá gente!

- A morada é XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX, 3º direito, não é?

- É.

Nisto ele liga ao entregador e fala com os dois ao mesmo tempo; transcrevo apenas a parte entre mim e a pessoa do outro lado:

- Olhe, ele diz que esteve aí. É "lote" 48 ou é "número" 48?

- ... É o 48!

- OK, é lote porque aí não há número.

- OK...

- Então, mas ele diz que foi aí... Não é um prédio assim-assim?

- É esse mesmo!

- Então, mas ele diz que esteve aí e que lhe atendeu um senhor que lhe disse que não tinha encomendado nada!

- Ele não terá tocado no esquerdo?

- Não, ele diz que tocou no direito... Você não teria aí alguém que tivesse atendido?

- Não, estou cá sozinho.

- Mas sabe que já não é a primeira vez que encomendam gás para essa morada e afinal não é nada!

- Já não é a primeira vez? Olhe, eu estou nesta casa há dois anos e é a primeira vez que encomendo gás, que até aqui fui sempre buscá-lo de carro.

- Pois, pois, eu não duvido, mas passa-se aqui alguma coisa... Olhe, fazemos assim, hoje, excepcionalmente, eu vou lá mandar o sujeito outra vez.

- OK, obrigado. Não quer ficar com o meu número de telemóvel?

Dei-lhe o número e o nome e fiquei à espera.

Agora a parte interessante...

A maior parte das pessoas que conheço começaria logo por protestar, discutir, gritar e até quem sabe talvez insultar a pessoa do outro lado...

Eu não.

Não está na minha maneira de ser fazer essas coisas sem ter todos os dados do meu lado.

E sabem que mais?

Ainda bem!

E sabem porquê?

Porque afinal eu é que moro no terceiro esquerdo!

:-|

Bem vistas as coisas, esta história de não discutir é uma das minhas maiores qualidades, porque me poupa imensos sarilhos quando erro. Sim, porque toda a gente erra, a maior parte das pessoas é que não admite!

E assim foi só dizer "Afinal o problema foi da minha parte, lamento imenso."

Um dia destes tenho que escrever um pouco sobre psicologia, mas não agora, que agora tenho que me despachar a tomar um banho que já me devem estar a vir buscar.

Hasta luego! :-)