Tuesday, December 05, 2006

Qantas

Finalmente percebi a teimosia do Dustin Hoffman...

Viajar na Qantas é muito agradável.

Aliás, deixem-me que vos diga que o meu voo teve alguns pontos bastante interessantes, nomeadamente:

- Como o voo de Lisboa para Londres se atrasou, levaram-me de carro para o Terminal 4 de Heathrow (a mim e a mais dois portugueses). Claro que o outro voo também estava atrasado, pelo que não havia pressa, mas pelo menos sempre poupámos umas filas e umas confusões e fizemos algo diferente.

- O piloto da Qantas tinha os dotes de comunicação que eu gosto de ver (ouvir) nos pilotos, com frases como "Afinal ainda vamos ter que esperar mais algum tempo para partir, mas eu vou ver se dá para irmos de autocarro porque pelos vistos chegámos lá mais depressa" e "A quem quer que esteja a fumar na casa de banho, relembrámos que este é um voo para não fumadores. Em todo o caso, se insistir em colocar em perigo o resto dos passageiros, trataremos do assunto com as autoridades de Hong Kong assim que lá chegarmos!"

- Quando estávamos prestes a chegar a Melbourne veio um senhor ter comigo, que julgo mesmo ter sido o piloto, a perguntar-me se ia precisar de algum tipo de acompanhamento quando aterrássemos... Eu disse que não e ele disse: "Mas tem a certeza? É que nas nossas notas vem 'Young Person Travelling Alone'..." E eu tornei a dizer que não. É naquela... a única vez que viajei ao cuidado de alguém foi numa visita de estudo, há já muitos anos atrás, e agora, que tenho 28 anos e que já estive em 4 continentes sozinho é que me vêem perguntar se preciso de ajuda? :-)

- Quando se chega à Austrália passam-se novamente as malas por uma daquelas máquinas de raio-X... E dizem vocês: "Para procurar drogas, não?" E digo eu: "Não. Para procurar bananas." E vocês até podem ficar a pensar que eu estou a gozar, mas não estou! É que produtos como bananas vindas de fora, pelos vistos, são bastante perigosos para a fauna/flora de cá!

Mas seja como for, de volta à Qantas:

Vídeo on Demand no lugar é muito bom, mas um comando que nos permite jogar jogos no monitor que temos à nossa frente é ainda melhor!

Para além disso, o atendimento é excelente, e o pessoal super simpático!

Uma nota também para o facto de que, com as 6 refeições no decorrer daquelas horas todas, é fácil saber quando já passamos por Hong Kong... é quando a salada passa a trazer peixe crú! O:-)