Friday, December 28, 2007

Bolo-Rei

Num daqueles programas de televisão em que se ensina a falar (e escrever) português como deve ser, perguntam a um velhote:

- Bolo-Rei, leva hífen, ou não?

O velhote pensa um bocadito, coça a cabeça e lá responde qualquer coisa como:

- Olhe... Eu não sei se leva disso ou não, mas os que eu compro são bons...

Tuesday, December 25, 2007

Não vi, mas contaram-me

Pelos vistos o meu primo ensinou bem o filho, que tem agora dois anitos...
- A tua mãe o que é que faz?
- É professora...
- De quê?
- Matemática. X mais um igual a dois...
- E o teu pai?
- Trabalha nos computadores! Na internet!
- E o que é que ele faz, na internet?
- Vê gajas nuas!

Monday, December 24, 2007

É Natal...

Dois dos pequenitos receberam há pouco umas prendas.
Um deles desembrulhou a dele, viu o carro telecomandado, ficou todo contente e um dos adultos perguntou-lhe:
- O que se diz?
O miúdo vira-se para o outro e diz:
- Não abres a tua?

E agora um post que prometi que ia escrever

Um encanto! Qualquer coisa do outro mundo!

Uns olhos extremamente profundos e um sorriso tão persuasivo, numa face de pele lindíssima e um cabelo liso e sedoso que divide o seu tempo entre poses cada vez mais fantásticas que as anteriores (é especialmente carismático quando parece estar apanhado atrás).

E como se não bastasse, tudo isto veio acompanhado de uma personalidade inteligente, introvertida e ao mesmo tempo desinibida, tímida mas cativante, capaz de ofuscar a Lua e de ocultar o Sol (e todas as outras pessoas na sala, claro está)..

Não sei, se calhar quando os pais a foram comprar havia uma promoção especial em que todas aquelas qualidades fantásticas em conjunto saíam ao preço de uma criança normal!

Ou então conheciam o dono do estabelecimento, que lhes fez um grande favor (coitados, agora ficam em dívida eternamente).

Eu não sei, mas quando tiver filhos, quero ir ao mesmo super-mercado!

Sabem porque é que o Pai Natal anda sempre bem disposto?

Oh oh oh!

Elementar, meus caros Watsons!

É que qualquer homem andaria bem disposto se soubesse onde moravam todas as meninas mal comportadas!

Quê, julgavam que o senhor de barbas só saía de casa uma vez por ano?

Já agora, como ainda não lhe pedi nada, não me importava que ele me arranjasse a morada desta aqui... cof, cof...

A propósito, o jantar estava excelente, e a companhia encantadora. É sempre bom juntar o agradável ao ainda mais agradável...

Saturday, December 22, 2007

Parece que o meu forte é mesmo escolher prendas...

Pelo menos nunca tinha visto ninguém ficar tão contente com uma prenda minha :-)

A passagem de ano promete...

Ou não fosse sermos mais pessoas do que quartos...

Tuesday, December 18, 2007

Primeira prenda de Natal!


Parece que já recebi a primeira prenda de Natal! :-D

Monday, December 17, 2007

Isto é suspeito...

Comprei um pack de 3 dvds, com dois filmes que me interessavam e um que já tinha visto mas que achei excelente.

Um deles era o Suspect Zero (e digo-vos desde já que afinal o filme não era nada do que eu estava à espera; ainda bem que foi barato).

Agora...

Se o filme é em Inglês...

Se as legendas são em Português...

Se o pack tem tudo escrito em Português por fora...

Porquê isto? Porquê?



Eu agora devia era alugar o dvd, porque como sou português não tenho nada que saber o que é um Alquiler!

"Ah, e tal, aquilo deve ser um aviso para não meter o dvd num alguidar!"

Qual a resposta certa?

Suponham que estão na casa de uma miúda, querem sair da cama, está frio, e ela vos diz:

- Queres que te empreste o meu robe?

Qual é a resposta certa a esta pergunta?

Pensem um pouco...

Já pensaram?

Ora então vamos lá:

Se responderam "sim", erraram.

Se responderam "não", também erraram, porque está mesmo frio.

A resposta certa é:

"Não é cor-de-rosa berrante, pois não?"

Thursday, December 13, 2007

Limusina? Para mim não, obrigado.

Perguntavam-me há dias se eu não gostaria de ter uma limusina.

Mas é claro que não!

Então vocês já viram bem...

A caminhada que um gajo tem que fazer...

De cada vez que vai atestar o depósito?

Wednesday, December 12, 2007

Quando o corpo não obedece

Nunca vos aconteceu, dar uma ordem ao corpo e o corpo não obedecer?

Chegar ao ponto de ter mesmo que lhe dizer "faz isto" e mesmo assim ele não fazer...

Acreditem que é desesperante...

Ultimamente tem-me acontecido...

Eu digo ao corpo "levanta-te" e ele continua debaixo dos cobertores!

É que nem se mexe...

Monday, December 10, 2007

Inútil?

Ora bem... Se os dias da semana são dias úteis...

Então os do fim de semana deveriam ser inúteis, certo?

Nesse caso...

Quer-me cá parecer que este fim de semana cumpri a minha parte... O:-)

Planos para a passagem de ano

E diz-me ela:

- Sim, ela também vai, e disse para levarmos muito champanhe!

Mais adiante na conversa, ela diz:

- Ah, mas não há água na casa, que a bomba foi ao ar. Ainda é preciso arranjá-la.

E foi aí que percebi porque é que ela queria tanto champanhe... Acho eu... O:-)

Sunday, December 09, 2007

Há coisas que ninguém fora do contexto perceberia :-)

Ela - Então e como é que estão as coisas entre ti e ela?

Eu - Não estão.

Ela - Ao menos isso.

Friday, December 07, 2007

Contar carneirinhos

Ontem dei por mim a tentar algo novo: contar carneirinhos, para adormecer.

Como sou novo nisto e não sei como se faz, tentei fazer como se vê nos desenhos animados: com uma cerca!

Por algum motivo estranho, a cerca estava em cima de uma colina. O céu era azul, a colina era verde, a cerca castanha e os carneirinhos branquinhos.

Infelizmente, não consegui contar muitos. Cheguei aos 32.

Não, não adormeci aos 32.

O que aconteceu foi que fui assolado por imensas dúvidas e questões filosóficas, das quais saliento duas:

  1. Porque raio é que os meus carneirinhos pareciam saídos de um jogo de consola daqueles muitos antigos?
  2. Porque é que se contam carneirinhos e não carneiros? Faria todo o sentido serem carneiros dos grandes, porque assim o sono seria mais pesado!
Bom, mas para dizer a verdade... Perdi-me, ao contar... Já não sabia se eram 32, 33 ou 34... Depois? Depois devo ter adormecido...

Thursday, December 06, 2007

Não, eu não sou único

E a prova são as pessoas que trabalham comigo.

Ele está a trabalhar quando recebe uma chamada. Atende, segura o telemóvel com a cabeça encostada ao ombro, continua a programar, e diz:

- Não, 'mor... Ainda estou a jogar à Sueca, ainda demoro...

Mas nada comparado com aquela vez em que, casados de fresco, ela lhe está a descrever o que vai ser o jantar e, quando menciona que vai partir o esparguete, ele lhe diz, muito ternurento:

- Minha querida, queres morrer?

Claro que isto, vindo de um moço que, antes de casar, no messenger, tinha a namorada num grupo isolado chamado "Noivas"...

Será que ele estava a contar acrescentar mais gente àquele grupo?

[...]

Alto, estava eu a preparar-me para publicar este post quando o telemóvel dele toca outra vez e ele atende a dizer:

- Telepizza, boa noite...

E ainda falam de mim... cof, cof...

Tuesday, December 04, 2007

Isto não aconteceu...

Estava eu a comprar dois bilhetes para um espectáculo, e a verdade é que ainda não tinha decidido quem iria convidar para ir comigo.

Do outro lado do balcão, ela pergunta-me:

- Alguma das pessoas que vai tem menos de 25 anos?

E de repente...

- Depende... Que idade tens?

Sunday, December 02, 2007

Da Portugália do Vasco da Gama para o Burguer King do Colombo

Nem vos conto como foi o meu Sábado.

Comecei com planos para comprar hardware numa ponta da cidade e terminei a comprar bilhetes para um espectáculo na outra ponta da cidade.

Bem, pelo menos foi um dia produtivo.

Friday, November 30, 2007

iPod Touch

Comprei um iPod Touch.

É tão bom, tão bom...

Que estou a escrever este post nele :-)

Wednesday, November 28, 2007

Epifania

Desculpas prévias às carradas de pessoas que não vão perceber este post.

Estou meio adoentado (mas só meio).

Estava eu com o lenço na mão a pensar para mim próprio: "Mas como é possível? Porque é que sempre que fico doente fico tão vulnerável?"

E de repente, o inesperado aconteceu!

O meu cérebro começou a trabalhar!

E foi então que se deu a epifania!

Quando fico doente, eu não fico vulnerável coisíssima nenhuma! Eu fico é estúpido!

Sunday, November 25, 2007

Carmina Burana

Ele traulitava a melodia de Carmina Burana quando eu disse:

- Isso é Carmina Burana!

- Não é nada, pá! É a música do Old Spice!

Friday, November 23, 2007

A vantagem de ter 10 blogs

Ela - Tu tens 10 blogs!

Eu - Claro que tenho... Repara, com 10 blogs, é só somar os posts de todos e dividir por 10 para saber a minha média de posts por blog... Dá muito mais jeito ter 10 blogs do que ter só uns 7 ou 8...

A coisa mais estúpida

Eu não bebo cerveja, mas se bebesse, posso-vos garantir que deixava de beber Tagus.



A dita marca está agora a lançar a campanha "Orgulho Hetero".

Sinceramente, acho que nunca vi nada tão estúpido.

Wednesday, November 21, 2007

Perguntas

Ela - Tu tens namorada?

Eu - Nope.

Ela - Porquê?

Monday, November 19, 2007

Pensamento da semana

Que um homem tenha que dar o primeiro passo, eu até compreendo.

Agora, ter que dar todos os passos?

Caneco, não?

Coisas da ASAE

A Muffi está farta da ASAE.

Sempre que me falam da ASAE lembro-me de uma reportagem em directo que um amigo meu viu na televisão e que me contou.

Depois da ASAE fazer uma passagem lá por uma zona e ter posto uma série de gente fora do negócio, a jornalista perguntava a uma velhota:

- Acha que a ASAE é uma coisa má?

- Ai, é, sim senhora. É uma coisinha muito má... Eu sei porque uma irmã minha teve isso, coitadinha, e nunca mais voltou a ser a mesma... Ficou sempre um bocadinho tonta...

Tuesday, November 13, 2007

Nos próximos dias...


Vou estar no SAPO codebits.

Estou a colocar fotos aqui :-)

Situação hipotética

Ontem cheguei à conclusão de que esta é uma situação que pode um dia vir a acontecer na minha vida:

Eu: Desculpa, mas... Não pode haver nada entre nós... Nós não fomos feitos um para o outro... É melhor acabarmos...

Ela: Mas... Porquê?

Eu: Tu... Tu não gostas... de sushi! :-|

Monday, November 12, 2007

Saturday, November 10, 2007

Os meus auscultadores são um espectáculo

São da Creative, entram no ouvido e encaixam perfeitamente.

A princípio é uma sensação algo estranha, mas uma pessoa habitua-se rapidamente e depois não quer outra coisa.

Os baixos ouvem-se que é uma maravilha. Tenho músicas que agora ouço e perante as quais me pergunto porque é que nunca tinha reparado em alguns sons que elas têm.

Uma outra vantagem é que bloqueiam o som exterior.

Foi uma bela compra!

Altamente recomendáveis, especialmente para quem tem vizinhos barulhentos a tentar ultrapassar dificuldades familiares através da terapia do grito, como eu tenho.

Mas será que este pessoal não se cala?

Thursday, November 08, 2007

Ai Google, Google...

Criei um novo blog.

Fui ver as pesquisas que estavam a levar lá os leitores.

Abri uma dessas pesquisas...


Caneco... Isso é que devia dar motivação... O:-)

Wednesday, November 07, 2007

666

Acabo de reparar que este vai ser o post número 666 deste blog...

Ou seja, este é o post da besta...

Mas, sinceramente, prefiro nem me dar ao trabalho de escrever sobre a besta... O:-)

Também, nunca gostei muito de me meter em política... O:-)

Cabra



Uma pessoa vê filmes com debandadas de animais e tudo parece muito pacífico, sejam debandadas de cavalos, vacas, búfalos ou até mesmo de dinossauros...

Mas a verdade é que estar lá no meio é muito diferente...

Se não acreditam vão até ao Gerês e passeiem por lá até estarem no caminho de 200 cabras a descerem uma colina na vossa direcção!

A foto foi tirada já nos últimos momentos, quando já só faltavam umas dez cabras passar.

"Um tremendo par de testículos"

Graças ao facto de ser um leitor do blog do Nuno Markl, fui ver a ante-estreia do Hot Fuzz em Portugal.

Basicamente, o Nuno foi uma das pessoas que convenceu a Lusomundo a estrear este filme em Portugal, e a Lusomundo organizou duas sessões de ante-estreia (uma em Lisboa e uma no Porto) só para leitores do dito blog.

Eis um pequeno filme que alguém gravou com um telemóvel do Nuno a falar antes da sessão começar:



Mas reparem na parte mais interessante:

"Queria agradecer-vos terem vindo e terem aderido a isto e terem, de certa maneira, justificado esta operação que revela um tremendo par de testículos por parte da Lusomundo."

De seguida, o Nuno aponta para "os senhores da Lusomundo"...

Ora bem...

Se eles eram dois...

E se tinham um par de testículos...

:-|

Bom, resta dizer que o filme é completamente fabuloso! Altamente recomendável! Se tiverem oportunidade, vão ver! Ao cinema, mesmo! O filme merece :-)

Obrigado, Markl! :-)

Tuesday, November 06, 2007

Evolução... ou não...

O tipo tinha feito algo de muito estúpido. Algo que não se compreendia.

Ela contava-me o que se tinha passado e dizia-me que não percebia, ao que eu digo:

- Repara, é muito fácil... Nós evoluímos desde o Homo Neanderthalensis até ao Homo Sapiens... Mas nem todos!

Miúdas agressivas

E diz-me ela:

- Não podes contar isto a ninguém!

- A minha boca é um túmulo!

- Pois é! É que se não for um túmulo... Passa a ser um cemitério! De dentes!

Bolas...

Monday, November 05, 2007

Calças

Fizeram-me prometer que escrevia sobre isto.

Uma bela parte do Gerês ardeu há não muito tempo.

Passear por essa zona levanta um problema...

É que andar por lá é algo semelhante a andar por entre pedras de carvão decididas a pintar-nos as calças.

De modo que depois dessa aventura fomos a uma loja comprar calças, ou eu iria, no dia seguinte, a uma formação com umas calças bem clarinhas cheias de traços de carvão.

A rapariga que nos atendeu começou por nos mostrar umas calças cheias de bolsos e decorações exageradas.

A rapariga que estava comigo, em jeito de "Nós queremos umas calças simples", disse-lhe:

- Menina, olhe bem para nós.

Mal ela disse aquilo e eu senti os olhos da miúda a dirigirem-se para as minhas calças eu pensei: "Pronto... Está tudo f*d*d*..."

A rapariga mostrou-nos umas calças super simples. A minha companhia, nem reparando nas ditas, disse:

- Nós queremos umas calças simples.

A rapariga da loja, com as calças mais simples num raio de 100 metros na mão, não conseguiu deixar de soltar uma grande exclamação, olhando para as calças:

- CUM CANECO!

Acho que nunca tinha sido atendido por alguém que me dissesse "Cum caneco!"

Dali a pouco já estava outra miúda da loja na conversa.

A minha companhia dizia-lhe:

- O dia hoje não está a correr lá muito bem...

A outra olhava para as minhas calças e dizia:

- Pois, estou a ver...

E eu desabafava:

- Mal ela saiu do manicómio sem trazer os comprimidos eu disse logo que o dia não ia correr bem...

Fui para o provador com duas calças.

Dali a pouco eu abria a cortina do provador para mostrar como me estavam umas delas.

Dizia ela:

- Ora dá uma voltinha... Fica-te bem, no rabo! Ficas todo jeitoso!

Ouvem-se passos apressados e, de um momento para o outro, as empregadas da loja estavam todas à minha frente.

Perante o meu olhar surpreso, uma delas disse:

- Bem, ela disse que estava todo jeitoso e nós viemos ver...

Enquanto tirava as calças, já com a cortina fechada, ouvia-a comentar:

- E ele tem 17 t-shirts pretas iguais...

Por acaso até tenho mais de 20.

Quando saí com as calças perguntaram-me:

- Então?

- Vou levar as duas.

Todas elas se começaram a rir e ela disse à empregada:

- Eu não disse?

E eis que tenho mais dois pares de calças.

Mais (ou menos) perguntas sem resposta

É verdade que as pessoas casadas vivem mais tempo?

Não. Simplesmente parece mais tempo.

--

Se uma pessoa com múltiplas personalidades ameaçar matar-se, é considerado uma situação de reféns?

Não. Só se ele ameaçasse matar as suas outras personalidades e não a que estava em acção no momento.

--

O que se deve fazer quando se vê um animal em vias de extinção e preparar-se para comer uma planta em vias de extinção?

Depende do tamanho do animal...

--

Se uma tartaruga não tiver carapaça, é um sem-abrigo ou é uma tartaruga nua?

Ao contrário do que muita gente pensa, a carapaça de uma tartaruga não é uma peça solta. As costelas da tartaruga crescem do lado de fora do corpo e solidificam juntas umas às outras, formando a carapaça. Uma tartaruga sem carapaça seria algo semelhante a um ser humano sem costelas, de modo que não seria nem um sem-abrigo nem um ser nú, mas sim uma aberração da natureza (ou de algum médico/veterinário sádico).

--

Se Deus está em todo lugar, por que as pessoas olham para cima para falar com ele?

Provavelmente é um hábito que vem dos tempos em que os seres humanos acreditavam que os Deuses viviam em cima das árvores.

--

Porque é que o Pato Donald não usa calças?

Não precisa, porque as penas lhe cobrem tudo o que tem para cobrir.

--

Se o Pato Donald não usa calças, porque é que ele usa uma toalha enrolada na cintura quando sai do banho?

Simples. Quando ele sai do banho, como tem as penas molhadas...

--

Porque é que os pilotos de avião passam tanto tempo a treinar, em simuladores e em aeronaves reais, se nos filmes qualquer pessoa que nunca entrou num cockpit consegue fazer aterrar o avião sem problemas, apenas seguindo as instruções da torre de controlo?

Simples. Porque esses pilotos não vão pilotar em filmes, mas sim no mundo real.

--

Porque é que o Pluto é um cão e não fala e o Pateta é um cão e fala?

Pelo mesmo motivo que um macaco é um primata e não fala e um homem é um primata e fala: evolução!

--

Se o vinho é líquido, como é que pode haver vinho seco?

"Vinho seco" é uma classificação de vinho aplicado às bebidas que possuem até 5 gramas de açúcar por litro. Não tem nada a ver com a existência de líquido ou não.

--

No caso de uma guerra nuclear, o eletromagnetismo produzido pelas bombas poderia danificar o disco do meu computador?

Sim. Aliás, o electromagnetismo produzido é tão forte que começa a manifestar os seus efeitos mesmo antes da guerra ter lugar. Por exemplo, o seu cérebro já deve estar a começar a sentir qualquer coisa... Ou se calhar é do vinho seco...

--

Será que uma pistola de água pode apagar uma arma de fogo?

Não. Quando muito, a água contida na pistola poderá apagar algum do fogo criado pela arma.

--

Onde está o Wally?

Está no estúdio, a preparar o seu novo livro.

--

Quem nasceu primeiro: o ovo de páscoa ou o coelho da páscoa?

Tecnicamente falando, o ovo ainda não nasceu.

--

Porque é que se tem tanta preocupação em construir um cemitério seguro se ninguém vai sair de lá?

Para evitar que vândalos entrem fora das horas de funcionamento, quando não há ninguém presente, e vandalizem as campas.

--

Porque é que as cenouras são mais laranjas do que as laranjas?

Primeiro, não são "mais laranjas", podem quando muito ser de um tom de laranja mais forte. Segundo, também depende da cenoura e da laranja.

--

Porque é que a cola não cola dentro do tubo?

Quando a cola está dentro do tubo, no escuro, não faz ideia do que tem que fazer. Só quando a deitamos cá para fora é que ela pode ler as instruções no rótulo do tubo.

--

Se os homens são todos iguais, por que é que as mulheres escolhem tanto?

Possivelmente porque os carros não são todos iguais.

--

Porque é que nos filmes com batalhas espaciais há explosões tão barulhentas se o som não se propaga no vácuo?

Bem, já houve quem tentasse explicar aos realizadores esse facto, para eles o terem em conta, e até o disseram bem juntinho dos ouvidos deles, mas sabes como é... o som não se propaga no vácuo...

Friday, November 02, 2007

Cuidado com o cão!

Ia eu calmamente a conduzir estrada fora.

Reparei, do lado esquerdo da estrada, duas senhoras com um cãozito.

Nisto, o cão atravessa a passadeira e as senhoras ficam do mesmo lado.

O cão ficou então parado do lado direito e as senhoras ficaram paradas do lado esquerdo da estrada.

Só vos tenho a dizer que há gente mesmo estúpida...

Estão a ver aquelas trelas extensíveis?

Sim, essas.

Felizmente, parei a tempo.

Wednesday, October 31, 2007

Semanas de férias?

Dizia um colega meu que, para descansar, o ideal é marcar três semanas de férias.

Na primeira, uma pessoa ainda está a pensar em trabalho, e na terceira, uma pessoa já está a pensar em trabalho outra vez, de modo que a segunda semana é que é a semana de férias a sério, em que não se pensa em trabalho e se descansa como deve ser.

Posto isto, já sei o que vou começar a fazer...

Marco três semanas de férias...

E depois desmarco a primeira e a terceira!

Por esta não esperava eu...

Conforme vou entrando ela diz-me:

- Tens uma prenda para ti em cima da cama!

Vou ver. Realmente está lá uma prenda, num embrulho artesanal muito giro.

Desembrulhei...

E lá dentro o que é que estava?

Chaves da casa dela!

Ena, ena!

O mundo está perdido!

Acho que foi no caminho de casa para o trabalho...

Alvíssaras a quem o encontrar...

Um vídeozito para quebrar o gelo

Achmed, o terrorista morto!

Wednesday, October 10, 2007

Monday, October 08, 2007

Big fish



Este é um dos peixes mais impressionantes do Oceanário de Lisboa.

O seu nome científico é Mola Mola, e garanto-vos que é enorme. Ora vejam esta foto de outro Mola Mola, para o poderem comparar com pessoas:



Agora, a parte estranha é...

Porque raio é que este peixe, em inglês, se chama sunfish, e em português, se chama peixe-lua?

Terão os biólogos ido buscar uns tradutores que eu cá sei?

Bom, a título informativo, e para nem tudo ficar perdido, o filme Big Fish é altamente recomendável.

Wednesday, October 03, 2007

Grande salto

Hoje vi um homem a dar o salto da sua vida.

Estava eu parado no semáforo, com outro carro à minha direita.

Nisto surgiu uma mota entre os dois carros, uma mota da polícia, para ser mais específico.

O agente olha para o carro da direita e manda uma buzinadela rápida, só mesmo a chamar a atenção.

O homem olha para o lado como se não fosse nada com ele e torna a olhar para a frente.

De repente, fez-se luz no cérebro dele, deu um salto e levou as mãos ao volante, largando o telemóvel imediatamente.

Foi giro de se ver :-)

Friday, September 28, 2007

Gesso? Isso não é problema!

Depois de conduzir em Lisboa durante tanto tempo, julgava já ter visto de tudo, de modo que quando vi o sujeito a conduzir com o braço esquerdo engessado, nem achei estranho...

O que me surpreendeu foi quando vi que ele tinha o telemóvel na mão direita!

Monday, September 24, 2007

Finito!

E eis-me, quase cinco anos após ter abandonado a universidade para ingressar no mundo do trabalho, com o curso finalizado :-)

Vá, cantem comigo (ao som da "Canção da Papoila"):

Adeus... Propinas! Ó suas traquinas, qu'eu não vou pagaaaaaaaar! :-D Adeus... Ao estudo! Tu levas um murro, já não vou estudaaaar! :-D

"E os góticos bebem sangue"

Uma rapariga gótica que eu conheço (desde este fim de semana) passou recentemente por um episódio interessante, em que alguém que começou a falar de góticos com ela a dada altura disse "e os góticos bebem sangue, não é?"

Digam a verdade, só a dita frase já chega para um belo post, não é? :-) É que nem é preciso trabalho nenhum da minha parte :-)

Ah, a rapariga desatou às gargalhadas e continuou a trabalhar :-)

Thursday, September 20, 2007

Há que ser forte.

Tuesday, September 18, 2007

Semana e meia na montanha, Acto VIII - Surpresa!

Ora acontece que, no decorrer da minha semana e meia na montanha, fiz anos.

(breve pausa para várias pessoas dizerem: "Xi... esqueci-me de dar os parabéns ao gajo...")

Prontos para continuar? :-)

Bom, fiz anos e houve quem se lembrasse de me fazer uma festa surpresa!

Yupi!

Mas a parte melhor não foi essa...

A parte melhor foi o facto de eu ter topado o que estava a acontecer...

De modo que quando elas entraram na sala com o bolo já de velas acesas e já a acabar de inspirar fundo para gritar "Surpresa" ...

Eu não estava lá!

E eram elas a olhar perplexas para a sala, onde tinham acabado de me ver, e a perguntar onde é que eu estava...

E eu atrás delas, a tentar soprar as velas antes que elas me vissem O:-)

Garanto-vos que foi lindo :-)

Semana e meia na montanha, Actos V, VI e VII - Zombies, Pão e Gelado

Dada a escassez de tempo para escrever, vou resumir três actos num único post (mas atenção que ainda falta o último acto).

Assim sendo, não vos vou contar sobre as horas que passei a matar zombies, sobre as longas caminhadas para comprar pão e sobre a quantidade estúpida de gelado que se comeu durante aquelas férias...

Espera aí...

Olha, afinal já contei :-)

Bom, recomendo vivamente o joguito dos zombies :-) Aquilo é mesmo viciante :-) Especialmente com a shotgun no nível máximo, contra carradas e carradas de zombies!

Muahahahahah!

Ah, seus plagiários!

À lista de perguntas frequentes no "Anedotas... num site de jeito" adicionei uma nova questão e respectiva resposta:

Sou humorista num programa de televisão. Posso usar, por exemplo, as anedotas do Top 20 num número meu?

Claro. Mas da próxima vez agradecemos que nos contacte a informar, e uma breve menção ao site no programa também não lhe ficava mal.


Querem tentar adivinhar o que aconteceu? :-)

Obrigado ao Nuno Henriques por me ter informado :-)

E já sabem:

Anedotas num site de jeito

Monday, September 17, 2007

Asdrubal


Este é o Asdrubal.

Veio do Texas e tem ainda melhor aspecto em pessoa (peluche).

Também já tem casa e consta que está a ser bem tratado.

Não sei se tem ou não acento no nome, mas depois vejo isso.

Escorpião com sabor a banana


De Houston trouxe este chupa para o meu irmão.

Sim, aquilo é um escorpião verdadeiro (cliquem na foto para ver em tamanho maior).

Entreguei-o ao meu irmão numa de "Ora vê lá se és capaz de comer isto!"

Às vezes até parece que não conheço o meu irmão...

Mas como é que eu pude duvidar?

Estou de volta!

De volta e a batalhar por entre umas centenas de mails (ai que o dia vai ser longo).

No entretanto, aceitam-se convites para actividades diversas.

Sunday, September 02, 2007

Academia Militar

Dentro de algumas horas parto para mais uma aventura.

Tudo isto será graças a um protocolo entre a Universidade do Minho e a Academia Militar, no qual cada uma das entidades, todos os anos, ministra formação a 20 elementos da outra.

A Universidade do Minho dá formação na área da informática a 20 cadetes da AM.

A Academia Militar dá formação de liderança a 20 alunos da UM.

De dia 03 a dia 14.

Das 7 da manhã à meia-noite.

Todos os dias.

20 pessoas, rapazes e raparigas.

Duvido que a malta consiga dormir muito, esta noite :-)

Todos os outros posts terão que ficar em stand-by até ao meu regresso.

Até daqui por duas semanas! :-)

Saturday, September 01, 2007

YAPC::EU::2007, dia 2

Friday, August 31, 2007

Mobília

Ele: Eu conheço a tua cara de algum lado... Tu não estudaste aqui?

Ela: Rapaz, sabes aquelas pessoas que já são consideradas parte da mobília?

Ele: Sim...

Ela: Eu... sou a senhora das mudanças!

Thursday, August 30, 2007

YAPC::EU::2007, dia 1

YAPC::EU::2007, dia 0

Se olharem com atenção, podem-me ver em várias ocasiões:

Wednesday, August 29, 2007

Leilões

No leilão do ano passado da YAPC, comprei o braço do BooK.

Quando digo que comprei o braço dele, o que ele realmente fez foi: "quem comprar o meu braço, pode escolher um módulo e na próxima YAPC eu terei o nome desse módulo tatuado no meu braço."

BIG!

MISTAKE!

Eu ganhei...

E no dia seguinte criei o módulo Acme::BooK::Is::My::Bitch :-) (a parte do Acme é uma questão técnica)

E agora há um gajo na conferência com este braço:



Não, não é uma tatuagem a sério, mas posso passar toda a conferência a dizer "Yeah, BooK is my bitch!"

Saturday, August 25, 2007

Sim, a Piruças já tem dono

Face às inúmeras vezes em que me perguntam se adoptei a Piruças e como é que ela está, ficam aqui as últimas novidades.

Esta pequenita:



...está de boa saúde :-)

Dizem-me que gosta de ver televisão e que tomou a sua nova dona por sua mãe, acordando-a todos os dias com lambidelas :-)

À gilete!

De maneiras que a minha máquina de cortar o cabelo deixou de funcionar.

Isto é, ela continuou a funcionar, mas de modo diferente...

Deixou de cortar cabelo, e passou a arrancar cabelo!

Nada de especial até aqui... Por vezes as coisas deixam de funcionar e têm que ser reparadas...

Só foi pena ter sido a meio de eu cortar o meu cabelo!

Haviam de ter visto a minha figura naquele momento!

Long story short, usei uma gilete, e agora pareço uma bola de bilhar!

Quer dizer, pareço mais uma bola de golfe, porque as cabeças não são exactamente redondas...

Enfim, e dito isto, tenho uma mala para fazer, que amanhã de manhã sigo para Viena.

Vou ver se consigo escrever os outros actos das minhas férias na "montanha" :-)

Thursday, August 23, 2007

Pior que uma agulha num palheiro!

Certo, uma agulha num palheiro pode ser coisa difícil de encontrar, e o encontrá-la quase sempre dá direito a picadela, mas...

Isto aqui...



Não é muito maior...

E tudo bem, não é um palheiro, é um montão de roupa lavada...

Mas se fosse uma agulha pelo menos sempre podia usar um íman gigante...

Para os mais curiosos, são coisas daquelas que se metem nos colarinhos duma camisa...

Sim, amanhã vou andar de fato, e só soube há bocado...

E para a semana...


Viena! :-)

Só para informar...

Que a janela está fechada!

Espero tê-la trancado bem...

Wednesday, August 22, 2007

E volta e meia...

Volta e meia lá surge um daqueles dias em que uma pessoa fica mais vulnerável e à mercê de qualquer, ou pelo menos de certas, pessoas...

Assim que o dia passar, a janela de oportunidade também deve fechar, e tudo voltará ao normal.

Thursday, August 16, 2007

Semana e meia na montanha, Acto IV - Jekyll, The Lost Room e Torchwood

Três séries brilhantes!

Jekyll

Tom Jackman é descendente do lendário Doctor Jekyll e, tal como o seu antepassado, possui um segredo tenebroso.

Tom fez um pacto com a sua outra metade.

Tom não procura uma cura, ou a sua outra metade mata-os aos dois.

A sua outra metade não mata ninguém, ou Tom entrega-os à polícia.

Mas claro que nem tudo é assim tão simples.

6 episódios com uma magnífica interpretação de James Nesbitt, em que as duas facetas de um homem comunicam através de um gravador e escondem as suas vidas uma da outra.

The Lost Room

Joe Miller possui em seu poder a chave do quarto 10, uma chave que, a partir de qualquer porta com fechadura semelhante, lhe permite entrar nesse quarto.

A partir de lá, Joe pode sair para qualquer porta no mundo que deseje.

Infelizmente, a filha de Joe fica dentro do quarto quando a porta se fecha e desaparece.

Joe começa então a tentar descobrir o mais possível sobre o quarto e sobre os objectos que se encontravam dentro dele quando a chave adquiriu os seus poderes, pois todos esses objectos, cerca de 100, possuem poderes especiais, e um deles poderá salvar a sua filha.

Infelizmente, há mais partes interessadas nesses objectos.

De destacar as presenças de Kevin Pollak, Roger Bart e Julianna Margulies, da qual talvez se lembrem da famosíssima ER.

Uma excelente mini-série de 3 episódios.

Torchwood

O capitão Jack Harkness, na foto, vindo do século 51, lidera a equipa de Torchwood.

Convém aqui dizer que esta série fará muito mais sentido para quem siga Doctor Who ou tenha visto, pelo menos, a season com o Christopher Eccleston, pois é lá que Jack surge.

A equipa de Jack, munida de imensa tecnologia alienígena, luta contra uma série de perigos de forma a proteger a raça humana.

Alguns dos episódios conseguem ser bastante profundos e facilmente poderiam ter sido estendidos e tornados em filmes de cinema com bastante sucesso.

Altamente recomendável, tal como o Doctor Who.

Tuesday, August 14, 2007

Semana e meia na montanha, Acto III - Insectos

Formigas com dois centímetros, melgas, mosquitos, moscas, gafanhotos, besouros, aranhas, borboletas, traças, vespas, abelhas, bichos carpinteiros e mais alguns insectos cujo nome desconheço.

Ah, e já vos disse que as formigas tinham dois centímetros de comprimento?

Semana e meia na montanha, Acto II - Coisa fofa

Eram já quatro da manhã quando entrei na sala, meio ensonado.

Por entre os olhos entreabertos reparo em algo a rebolar e a saltar por cima dos colchões e dos cobertores à minha frente, a olhar para trás com um olhar assustado, enquanto os altos e baixos lhe atrapalhavam a fuga.

À primeira vista, parecia apenas um novelo cinzento.

Senhoras e senhoras, apresento-vos a coisa mais fofa da actualidade:



Piruças Patarreca Patuda da Silva!

No decorrer dos dias seguintes a Reca habituou-se a nós e, pelos vistos, adoptou-nos. Conseguiu-nos convencer a dar-lhe de comer e a continuar a deixar certas janelas abertas para que pudesse entrar a meio da noite.

Também conseguiu fazer porcaria na cozinha por duas vezes e safar-se de boa com o seu olhar meigo.

Lá para o meio da semana já respondia ao chamamento de 'Quenita.

A dada altura, depois de jantar, vi um gato ao longe que me pareceu ser ela (mas que não era).

Chamei:

- Pequeniiiiita!

Mal eu tinha reparado que a pequenita dormia mesmo aos meus pés. Acordou com o chamamento e, mesmo antes de bocejar, respondeu-me:

- Méu!

Monday, August 13, 2007

Semana e meia na montanha, Acto I - Férias Equilibradas

Semana e meia na montanha, em 8 actos

OK, não foi bem na montanha, foi no monte.

E tudo bem, não foi bem semana e meia, mas foi quase.

E não, não acampei, que com a minha idade já gostamos mais de camas (e esta frase não é da minha autoria), de modo que estivemos numa casa no meio do monte.

De qualquer das formas, nos próximos dias brindar-vos-ei com as minhas férias, em versão reduzida, em 8 actos.

Sunday, August 05, 2007

Vou de férias!

E bem preciso!

Devo ficar uns dias longe da net.

Até jáaaaaaaaaaa!

Tuesday, July 31, 2007

Está tanto calor...

Que nem os mosquitos aparecem! :-|

Monday, July 30, 2007

Atalhos



Na barra de cima do browser, fui-me habituando a colocar bookmarks/atalhos de uma só letra, para ocupar menos espaço.

Na imagem que vêm, o G é de Google, o P é de Perlmonks, o I é de IMDB, o L é de LinkedIn, etc...

O problema, como alguns de vocês já devem ter reparado...

E como eu ainda não tinha reparado...

É que, logo a seguir ao G, as letras seguintes formam a palavra "PILA".

Acho que tenho que reorganizar isto...

Os gatos vão sempre à areia?

Há pouco tempo atrás uma amiga falava-me da sua gatinha que tinha saído por uma janela no sotão e, consequentemente, desaparecido.

Andou toda a gente à procura dela e não a encontraram.

Às 4 da manhã a gata lá voltou, toda contente como se nada se tivesse passado, a miar pelas escadas abaixo:

- Miau miau miau miau miau miau.

Pouco tempo depois uma outra pessoa falava da gata que tinha saído e que tinha voltado para ir à areia.

Dizia ela:

- Pois, a necessidade foi maior...

Por isso já sabem, quando virem um grupo de gatos e de repente virem um a miar e depois a ir-se embora, quando ele diz:

- Miau miau miau miau.

O que ele está a dizer é realmente:

- Bem, pessoal, tenho que ir para casa, estou aflito para mijar!

Thursday, July 26, 2007

Ah pois é!

Ele #1: Descemos para baixo?

Ele #2: É melhor, que descer para cima é difícil!

Ele #1: Então e se estiveres em cima de uma mesa e quiseres descer para cima de um banco?

Saturday, July 21, 2007

Sophie Ellis-Bextor

Já alguma vez vos falei da Sophie Ellix-Bextor?

Pois é, eu gosto.

Olhos bonitos, gira, bela voz e um belo som.

Deixo-vos não com um, não com dois, mas com três vídeos da Sophie!

Murder on the Dance Floor, Get Over You e Mixed Up World!

Divirtam-se! :-)





Boavista

Encosto o carro, saio, dirijo-me ao transeunte mais próximo e pergunto:

- Será que me pode ajudar? Eu quero descer a Avenida da Boavista. Qual destas saídas é que eu quero?

Depois de alguma hesitação, o moço lá me conseguiu dizer o que eu queria.

Quando eu já estava a entrar no carro diz ele:

- Mas são quatro quilómetros...

Com a cara de preocupado do rapaz, juro-vos que estive quase para dizer "Ah, então já não vou!"

Mas não, em vez disso disse:

- Certo.

- É que vai até ao mar...

E neste ponto tive que me conter para não dizer "Não se preocupe, eu páro antes!"

Monday, July 16, 2007

Ainda aqui!

Sim, eu sei que não tenho escrito. Não, não vou dizer porquê.

Em vez disso, vou-vos dizer sobre que é que teria escrito durante estas últimas semanas, se o tivesse feito.

Teria escrito sobre duas séries que vi e de que gostei bastante: Heroes e The Unit. Talvez ainda venha a escrever sobre elas, um dia destes.

Teria escrito sobre o quanto eu não recomendo Houston enquanto destino de férias.

Teria escrito sobre os três destinos de férias que neste momento tenho em mente e sobre a companhia que quero levar comigo quando for para cada um deles.

Teria escrito sobre duas pessoas de quem gosto bastante e que merecem bem melhor que aquilo por que estão a passar (hum... se calhar devia apresentá-las).

Teria escrito sobre pessoas que são incapazes de sentir realmente e cujo egocentrismo acaba por estragar a vida a quem as rodeia.

Teria escrito uma série de palhaçadas, porque a minha vida continua normalmente e eu continuo a ser eu.

Teria escrito sobre lealdade, dedicação e a falta destas duas qualidades.

Teria escrito sobre imprevistos e sobre coisas que não contamos ouvir e que nos apanham de surpresa.

E talvez tivesse escrito sobre o porquê de não ter escrito nada ultimamente, mas se o tivesse feito esta frase deixaria de fazer sentido, não é?

E seguramente que teria escrito que não necessito de viajar para desregular por completo as minhas horas de sono...

Mas não teria escrito, seguramente, sobre os planos que há poucas horas fiz para esta próxima semana, em que estarei de férias.

É que há coisas que sabem melhor com as más companhias bem longe e sem chatear...

Por outro lado, e como diz uma amiga minha, isso se calhar é dar demasiada importância a essas pessoas.

Seja como for, os calções já estão na mochila.

Agora vou dormir um pouco e amanhã ponho-me a caminho.

Vou aproveitar para testar novamente uma velha teoria...

Queres ver quem se importa? Então vai... E logo vês quem vai atrás de ti.

Se ficarem para trás, é sinal de que não lhes fazes falta.

Até já!

Friday, June 29, 2007

Só mesmo para dizer...

...que está tudo bem :-)

Tem é acontecido tanta coisa que nem tenho tido tempo para postar :-)

Em breve conto as novidades todas :-)

Monday, June 25, 2007

Mais cartões!



E pronto, já tenho os meus cartões da Perl Foundation :-)

A maior sauna do mundo e a capital mundial das baratas

Onde é que é? Onde?

Pois claro! Em Houston!

Sauna!

Sempre mais de 30 graus e uma humidade que não se pode.

Todas as salas têm ar condicionado, o que é excelente, mas mal saio de uma delas os meus óculos ficam embaciados!

Hoje de manhã chovia que eu sei lá. A água encharcava-me a roupa e escorria-me pelo corpo.

A parte boa?

Era água quente!

Se eu soubesse não tinha tomado banho, tinha levado o sabonete comigo e sempre poupava algum tempo...

Felizmente, está tanto calor que sequei num instante.

Capital Mundial das Baratas!

Ter as baratas a atravessarem-se à minha frente pelo caminho, ainda vá que não vá...

Mas...

Ter que enxotar baratas de cima da mesa para poder tomar o pequeno-almoço em paz?

Caneco! Já é um bocado ridículo, não acham?

Felizmente, as do pequeno-almoço só mediam um centímetro (cada uma, claro está).

Conheço algumas pessoas que não duravam 5 minutos, em Houston... :-)

Fotos



Já estou a começar a colocar fotos online.

Podem encontrá-las aqui.

E agora com licença, que tenho uma apresentação para fazer :-)

Tempestade

Nesta residência universitária, cada dois quartos partilham uma casa de banho.

Há então duas portas na dita.

Quando se vai à casa de banho, abre-se a porta, entra-se, tranca-se a porta para o outro quarto, faz-se o que se tem a fazer, destranca-se a porta para o outro quarto, passamos para o nosso, fechamos a porta e trancámo-la do lado do nosso quarto.

Imaginem-me então ontem à noite, já bem tarde, a ir à casa de banho e a fazer um esforço para não fazer barulho com todas estas portas para não acordar o gajo que está no quarto ao lado...

Quando finalmente, pé ante pé, me deito na minha cama sem ter feito grande barulho...

CABRUUUUUUUUMMMM!!!!!

Ganda tempestade :-) Ganda barulheira :-)

Nessa altura pensei que, no meu próximo post (este), fosse escrever que já tinha passado pela minha primeira tempestade em Houston...

Afinal não...

Afinal já passei pela primeira e pela segunda :-)

Caneco, que elas não páram :-)

Longe? Bah!

De modo que estávamos a jantar (comida mexicana, muito boa) e um dos moços na mesa, que veio à sua primeira YAPC (este é o nome da conferência) achava que tinha vindo de muito longe, já que tinha atravessado os Estados Unidos de uma ponta à outra para cá chegar.

De onde é que vinham as outras pessoas que se sentaram na mesma mesa que ele?

Suécia, Inglaterra, Japão, Portugal e Canadá.

É tudo uma questão de perspectiva :-)

Sunday, June 24, 2007

Houston - Primeiras Impressões

Já cá estou, numa das muitas residências da Universidade de Houston.

Quando eu digo "muitas", não estou a brincar. A universidade, com uns 37,000 alunos, é gigantesca. É fácil uma pessoa perder-se aqui.

A cidade é quente e é húmida. Tão húmida que é normal surgirem tempestades vindas do nada. O resultado é que, mesmo com bom tempo, ainda há muitas poças de água por todo o lado.

As poças são perigosas, bem como pisar a relva. É relativamente normal afundarmo-nos uns 30 centímetros.

A humidade é propícia a baratas, claro está.

Ontem fui jantar à Pizza Hut, aqui no Campus, que está aberta 24 horas por dia. Pelo caminho atravessaram-se-me à frente pelo menos 4 baratas pretas e apressadas.

E de momento é tudo o que tenho para contar sobre Houston :-)

Cheguei!

Já cá estou, já dormi e já encontrei o resto do pessoal :-)

Saturday, June 23, 2007

Cá vou eu :-)



A caminho :-)

Friday, June 22, 2007

Pronto, pronto, digam lá o que querem de Houston :-)

E não, Houston não tem cangurus nem koalas, pelo menos que eu saiba, e não, não vou trazer nenhum vaivém :-)

Comentários com o que querem, que é para eu não me esquecer :-)

Fica a nota para duas pessoas que sim, ainda tenho comigo os vossos crachás da Austrália. Logo que possa eu entrego-os :-)

Thursday, June 21, 2007

Houston

Ela: Gajo.

Eu: Gaja.

Ela: Sábado. Que fazes? Com quem? Onde? E porquê?

Eu: Sábado estou num avião, com mais umas 300 pessoas, algures sobre o Atlântico, porque quero ir a Houston.

Ela: Argh! Cortes!

Não sei lá bem porquê, mas parece que toda a gente se lembrou de me convidar para tudo e mais alguma coisa precisamente durante a semana em que vou estar fora.

Possivelmente terá sido porque ainda não disse aqui, com todas as letras, que Sábado de manhã me meto num avião em direcção a Houston e que só regresso a Portugal dali por uma semana.

Bom, agora já disse :-)

Tuesday, June 19, 2007

Eu sabia que os animais lutavam...

Não sabia era que os pinguins lutavam à estalada, nem que as formigas eram (alegadamente) o único ser que declara guerra naturalmente :-)

Monday, June 18, 2007

500 milhas

E diz ele:

- Eles recomendam que eu troque de sapatilhas a cada 500 milhas...

Isto dito por alguém que está a correr perto de 200 quilómetros por mês...

E digo eu:

- Já sei! Vai ao pé-cochinho!

Eu dou-te a lupa, dou...

A comida chegou e um de nós ficou a olhar muito atentamente para o prato.

Por cima de uma batata frita estava um bicho qualquer frito. Pequeno, um pouco maior que um mosquito normal, mas com um tronco mais grosso, e completamente achatado contra a batata, com as patas em todas as direcções e algo que parecia ser asas (pelo menos a mim) por cima.

A senhora vem novamente à mesa, trazer mais coisas, e lá lhe dizemos:

- Olhe, está ali um bicho.

A mulherzinha olha para o prato e diz:

- Eu não vejo nada...

Lá acabou por levar o prato para a cozinha, para mostrar à cozinheira.

Dali a nada regressa e diz:

- Olhe, nós não vemos nada. Aquilo só mesmo com uma lupa! Mas se quiser pode escolher outra coisa...

É incrível como algumas pessoas conseguem fazer de conta que algo como isto é uma coisa curriqueira.

Ele escolheu outra coisa, mas não me parece que lá voltemos.

Eu dava-lhe a lupa, dava...

Das minhas férias vou recordar...

Muito Sol, muita chuva, rodízio com os amigos, tempo com a família, camas improvisadas, dormir com gatos no quarto, não conseguir dormir por causa dos gatos no quarto, estratagemas para os gatos não saltarem em cima de nós enquanto dormimos, muitas séries, noitadas, planos para as próximas férias, quase nenhuma net, matar saudades do pessoal, algumas surpresas e muito descanso...

...ou não ;-)

Friday, June 08, 2007

Quando a promoção é mais estúpida que o próprio filme

Na parte de trás do DVD podia-se ler que o filme consistia num grupo de pessoas barricadas num bar onde umas criaturas mostrengas que tinham fugido de uma base do exército estavam a tentar entrar para os comer.

Lia-se ainda que as criaturas eram o produto da junção do ADN de alguns dos predadores mais ferozes à face da terra, uma experiência militar. Também lá dizia que as pessoas tinham que se aguentar até à manhã seguinte.

Agora o filme propriamente dito...

Sim, as pessoas estão num bar, e sim, estão barricadas porque há umas criaturas lá fora que as querem comer...

Mas o exército não é para aqui chamado, nunca se diz de onde é que os bicharocos vieram, nem como foram feitos, não é só até de manhã que o pessoal tem que lá ficar, é até conseguir matar os bichos, etc.

Enfim, há filmes mesmo estúpidos...

E ainda por cima com umas legendas fantásticas...

Natural, se faz favor!

Eu: Aqueles sumos naquela mesa, são de quê?

Ele: De manga e de laranja.

Ela: São naturais?

Ele: O de manga é 100% natural, o de laranja é mesmo natural.

Depois de alguns olhares confusos e de mais uma tentativa de indagação com a mesma resposta, acabamos por beber sumo de manga...

E sabem que mais?

Não era natural...

Wednesday, June 06, 2007

Firefly: Mais uma série fabulosa!


Firefly!

Simplesmente fabulosa!

Antes de mais, deixem-me dizer-vos que, nesta série, não há som no espaço, que é como deve ser, porque o som não se propaga no vácuo! Assim, explosões e afins são vistas em silêncio, ou quando muito com uma banda sonora country.

Mas adiante...

A Terra fica sobrepopulada e os seres humanos viajam para outro sistema Solar. Uma vez lá, dá-se a guerra entre a Aliança, que defende a união dos planetas, e os Separatistas. A Aliança vence e a série começa aqui, quando um antigo sargento separatista compra uma nave classe Firefly, arranja uma tripulação e começa uma vida de contrabandista neste novo sistema regido pela Aliança.

O capitão Mal, com a sua tripulação de 8, embarcam numa série de aventuras.

Há a Zoe, que acompanha Mal desde a guerra, Wash, o piloto que casou com Zoe, Kaylee, a mecânica maravilha, Simon, o doutor, River, a sua irmã alucinada, Jayne, o brutamontes que não podia faltar à festa, Book, o pastor e Inara, a... er... "companheira" O:-) Sim, este futuro é muito liberal O:-)

Depois há bandidos, soldados e uma série de personagens que vão aparecendo.

Todos os episódios são fabulosos. Simplesmente fantásticos.



Tal como no velho oeste, estes nossos amigos andam armados com pistolas. Afinal de contas, é a nova fronteira...

Imaginem portanto um misto de ficção científica e western.

Estão a imaginar?

OK, é melhor ainda!

Mas a série já é de 2002...

Ora então, porque é que nunca chegou até nós pelos canais públicos?

Pela mesma razão que a segunda série nunca foi feita. Na verdade, a primeira foi cancelada.

E não foi por ser má...

Reparem, os 14 episódios seguiam assim:

01, 02, 03, 04, 05, 06, 07, 08, 09, 10, 11, 12, 13, 14.

Básico, não é?

Ora então aqui está a ordem pela qual a FOX decidiu passar os episódios:

02, 03, 06, 07, 08, 04, 05, 09, 10, 14, 01, 13, 11, 12.

Estão a ver o absurdo?

Alguém lá de cima decidiu que esta seria uma melhor ordem. Qualquer coisa a ver com os episódios mais mexidos, etc.

Resultado?

Ninguém conseguia seguir a série, como é óbvio!

É que ainda por cima não passaram logo o primeiro episódio, aquele em que se ficava a conhecer as personagens.

Ou seja, o espectador leva logo com um episódio cheio de acção sem saber bem de onde é que veio quem...

E, claro está, a série acabou por ser cancelada.



Em 2004 fez-se o filme Serenity, continuação da série, mas este pecou por ser precisamente isso: a continuação da série. É, praticamente, o episódio 15 com um ou dois flashbacks para contextualizar o espectador.

Ainda assim, tenho-vos a dizer que vi este filme no cinema e o detestei.

Agora vi a série, adorei-a, vi novamente o filme e sim, posso-vos dizer que é uma obra de arte.

Altamente recomendável :-)

Friday, June 01, 2007

Eu vou ali...

Eu vou ali tirar umas férias e já volto, sim? ;-)

Mulheres Cruéis?

Vá, esqueçam o título do post e deliciem-se com isto :-)

Mas há algum concurso e só eu é que não sei?

Sempre que venho na estrada e há bastantes semáforos, o trânsito vai parando, eu vou olhando para os demais condutores e fico a pensar...

"Mas será que há por aí algum concurso e não me disseram nada?"

É que parece que há mesmo...

Seja como for, parece-me um pouco ridículo fazer um concurso para ver quem consegue meter o dedo mais fundo no nariz...

Vraam!

Reparem...

Um ruído que irrita muita gente é o de uma motosserra...

Vraam, vraam, vraam!

Um outro ruído semelhante que também irrita muita gente é o de uma mota de água...

Vraam, vraam, vraam!

Posto isto...

A imagem que me vem à cabeça...

É a de um tipo numa mota de água à força toda com uma motosserra ligada...

VRAAM, VRAAM, VRAAM!

Cruzamento

Parar no meio de um cruzamento é estranho, mas nem é lá muito incomum...

Agora...

A pé?

Ainda estou para saber o que é que ia na cabeça do homem...

Sim, porque ele não parecia ter nenhum problema, parecia apenas estar distraído.

Thursday, May 31, 2007

Uma pausa

Estava tudo em silêncio...

Nisto, eu olho para a mesa dele e reparo nos packs de Kit Kats que ele lá tinha.

E, no meio do silêncio, ouve-se a minha voz:

- Sabes, tu comes tanto Kit Kat que isso não é uma pausa, são umas férias...

É engraçado como o silêncio é tão fácil de quebrar... :-)

OK Go - Here It Goes Again

Um vídeo que já aqui queria deixar há bastante tempo. Um dos melhores que já vi.

E sim, foi filmado de uma só vez :-)

Sunday, May 27, 2007

Bombeiros

Já imaginaram o stress que os bombeiros devem sentir em certas situações?

Imaginem, por exemplo, que os bombeiros são chamados por causa de um incêndio numa incineradora!

Quer dizer, os tipos chegam lá, e depois?

Como é que eles sabem o que deve estar a arder e o que não deve?

Friday, May 25, 2007

Beber

Esta é uma frase de um amigo meu:

"Eu não sou pessoa de beber muito, mas o pouco que bebo transforma-me noutra pessoa, e essa sim, bebe de c*r*lh*!"

Wednesday, May 23, 2007

Coca-Cola Zero

Tenho ouvido muita gente a queixar-se da nova Coca-Cola Zero.

Hoje provei-a.

Sinceramente, não partilho da opinião da malta...

Finalmente, um produto sincero, honeste e que vale aquilo que anunciam!

Ou seja, zero! O:-)

É que um gajo bebe e fica com a sensação de estar a engolir em seco... :-)

Monday, May 21, 2007

Os velhotes lá do prédio

Morar num prédio onde praticamente só habitam velhotes, fora o ocasional ressonar de um ou outro (não estou a brincar) é bom.

E porque é que é bom? Porque é uma calmaria enorme!

Só há é um pequenito problema...

É que uma pessoa tem que descer as escadas com cuidado...

Para não ser interpelado por um "Podia-me ver se o meu telemóvel está carregado?" ou algo do género.

E o que me safou foi que realmente eu não sabia ver o saldo naquela coisa...

Sunday, May 20, 2007

A falta de respeito pelos telespectadores

Não sei se sou só eu a reparar nisto, mas os canais portugueses têm cada vez menos respeito por nós.

Já deixaram de passar os créditos no final dos filmes e, por conseguinte, muitas vezes não passam aquelas imagens que alguns filmes contêm após os créditos.

Da duração dos intervalos nem é preciso dizer nada.

Depois há as mudanças de horários sem ninguém contar. Ainda na semana passada estava a contar ver o The Unit às 15:10 e afinal só passou às 15:45. Esta semana já começou outra vez às 15:10, pelo que perdi o início.

E mesmo sem mudarem os horários, aqueles que eles estabelecem vão sendo cada vez mais ridículos. Alien: Ressureição a começar às 00:40? De Domingo para Segunda? Então e quem trabalha, não tem direito a ver o filme?

Depois há as legendas, claro.

A dada altura começaram a passar aquelas mensagens em rodapé a anunciar outros programas, e agora até já metem esses anúncios a ocupar quase um quarto do ecrã. Ou será que nunca ninguém gramou com a Floribella a aparecer a dançar no meio de um filme de ficção científica? Ainda ontem gramei com um anúncio a tapar a cara da personagem que estava a falar, e hoje apareceu o Gary Sinise, do CSI, na testa do rei Darius, em Alexandre.

Pergunto-me que mais irão eles fazer...

E ainda me perguntam porque é que não gosto de ver televisão...

Saturday, May 19, 2007

E eis que tudo volta ao normal

Basta ver que este ano, de todas as pessoas que conheço, só uma mencionou o festival da canção :-)

E aposto que a maioria das pessoas que conheço nem faz ideia de como foi, de onde foi, de quem ganhou, de quem cantou, de quem escreveu a nossa letra ou de como se chamava a nossa canção.

A título informativo, foi o Emanuel quem escreveu a letra. Pelo menos foi o que me disseram. E não, não tenho o resto da informação :-)

Claro que, para Portugal, tudo continua na mesma...

Sabem há quanto tempo não passamos das semi-finais do festival?

Desde que começaram a haver semi-finais no festival O:-)

E pronto, deixo-vos com um vídeo dos Lordi, desta feita com uma música que não aquela que toda a gente conhece.

Senhoras e senhores, Lordi, com Blood Red Sandman:

Wednesday, May 16, 2007

Pessoas estúpidas

Perdoem-me o título deste post, mas não me ocorreu um melhor.

Este post é sobre pessoas que agem sem pensar.

Ora então aqui fica um exemplo, acontecido com uma amiga minha:

1 - Fulana de tal vai ter ao gabinete de uma pessoa, a minha amiga, que trabalha numa faculdade, explicando que necessita de ajuda para um trabalho;

2 - Fulana de tal não sabe bem o que quer e trata a pessoa por "pá";

3 - A pessoa explica à fulana de tal que vai ter que fazer alguma pesquisa básica prévia para saber ao certo de que é que necessita, pede-lhe que lhe envie determinada informação para a poder ajudar, marca uma reunião com a fulana para dali por uns dias para a poder ajudar e pede-lhe que não a trate por "pá";

4 - Fulana de tal sai do gabinete, com a combinação da pesquisa e da reunião e...

DIRIGE-SE AO LIVRO DE RECLAMAÇÕES DA FACULDADE E RECLAMA DA RAPARIGA QUE A ATENDEU!

A título informativo, reclamou que a pessoa que a atendeu tinha sido arrogante e que nunca a encontrava no gabinete, o que até faz sentido, porque só a procurou da parte da manhã e a pessoa só trabalha da parte da tarde.

Mas reparem...

Ainda com a noção de que queria e necessitava da reunião dali por uns dias, foi fazer uma reclamação da pessoa.

Quando chegou o dia da reunião, foi ter com a pessoa e espantou-se quando a pessoa lhe disse que não iria colaborar com ela porque depois de ser alvo de uma reclamação formal à sua pessoa não se sentia à vontade para tal até o assunto estar resolvido (sim, que este tipo de reclamação nestes estabelecimentos tem que ser respondido e tratado formalmente).

Mas...

Não há aqui qualquer coisa que está mal?

Mas quem é que provoca uma pessoa mesmo antes de precisar dela?

Não bastam dois dedos de testa?

Isto é o equivalente a telefonar ao vizinho a pedir-lhe o cortador de relva emprestado, combinar ir lá no dia seguinte buscá-lo e de seguida processá-lo por estacionar sempre o carro em frente à sua garagem.

E quê, está-se à espera de no dia seguinte o vizinho estar à porta de casa com o cortador à espera? E com um sorriso na cara, já agora, não? :-)

Note-se que não estou a falar de fazer ou não uma reclamação, ou de processar ou não uma pessoa. Estou é a falar da ordem dos acontecimentos.

Ele há cada uma...

Depois admiram-se... :-)

Perfeito, perfeito era aquilo não passar na televisão!

Se há reclame que me mete impressão é esse, o do perfeito perfeito (e sem nada contra o Bruno, que até aprecio o pouco trabalho dele que conheço)!

Para quem está fora de Portugal, estamos a falar de um reclame televisivo a uma cerveja sem álcool. O reclame é tão estúpido (principalmente a parte do "Vamos para o perfeito? Onde é que é? É aqui.") que nem o vou tentar descrever.

Pode ser só impressão minha, mas acho que a única forma daquilo convencer alguém a beber daquela cerveja sem álcool...

É a pessoa beber muita da outra, primeiro!

Ser o primeiro a chegar...

Ser o primeiro a chegar ao local de trabalho é giro...

Ser mesmo o primeiro a chegar de todas as empresas no edifício também é giro...

Excepto...

Quanto não temos a chave da porta do prédio connosco...

Monday, May 14, 2007

Só um postzinho, mesmo

Na ausência de tempo para escrever 20 posts diferentes, deixo-vos só um interessante:

Qual é a primeira coisa que se faz quando se muda para uma casa nova?

Darmo-nos a conhecer aos vizinhos! O:-)

Mas, mas...

Um dia destes vou colocar aqui um post só com as coisas que inserem no meu site de anedotas e que são rejeitadas...

É que é com cada uma...

Friday, May 11, 2007

Esta ainda não me tinha acontecido...



Ofereci-lhe um livro.

Ela: Já o leste:

Eu: Li as primeiras páginas...

Ela: Gostaste?

Eu: Digamos que... Vais ter que mo emprestar :-)

Ela: Ah, então podes levá-lo já.

Eu: Não, não. Depois de o leres.

Ela: Mas eu já o li.

Eu: Er... Já o leste?

Ela: Sim.

Eu: Mas eu julgava que... Tu não tinhas dito que andavas à procura deste livro?

Ela: Sim, eu queria comprá-lo, mas já o li.

E pronto... Ofereci um presente e logo de seguida a pessoa que o recebe empresta-mo :-)

Em todo o caso, parece-me que durante o fim de semana já termino o livro... O que significa, claro está, que muito em breve vou ter um pretexto para novo jantar... Não é? O:-)

Thursday, May 10, 2007

Se não os podes vencer...

O Francisco é que não tem um blog meio estúpido, como este, senão decerto colocaria lá uma frase da sua autoria.

Não sendo esse o caso, pedi-lhe autorização para a publicar aqui:

"Se não os podes vencer... Chama os amigos!" :-)

Wednesday, May 09, 2007

Nados e óbitos

Ele: Entre 1960 e 2002 morriam cerca de 100 000 pessoas por ano, em Portugal. Já o número de nascimentos tem baixado, vindo já desde os 210 000 para os 114 000 por ano.

Eu: Ou seja, o pessoal que ***** é que têm morrido...

Ela, com ar de quem tinha ouvido uma coisa estúpida: Meu Deus... Mas...

Eu: Mas nada! É óbvio! Mas tu achas que eles morriam de quê?

Algo que me irrita solenemente

E não é só a mim, de certeza. Também deve irritar a quase totalidade de condutores que tem que passar de carro por detrás da estação do Cais do Sodré de manhãzinha.

É ou não é?

A questão são as pessoas que saem do transporte fluvial. Parte delas dirige-se à zona dos autocarros e outra parte dirige-se ao metro.

Quando às que vão para os autocarros, eu dava tudo para que elas aprendessem a diferença entre um passeio e uma estrada.

Mas porque é que aquela gente tem que vir toda pelo meio da estrada? Parece que estou a tentar sair do centro de Viana do Castelo depois do fogo de artíficio das Festas de Nossa Senhora da Agonia terminar.

Pessoal, há um passeio mesmo ali ao lado!

Depois de passado este primeiro obstáculo, vem outro ainda pior: a malta do metro!

Por favor, por favor, por favor... Alguém meta ali um semáforo!

É que é ridículo! É um mar de gente a atravessar aquela passadeira.

E sempre que há uma abertinha para um carro passar, vem um cromo qualquer a correr a ocupar aquele espaçozito!

Vão-me dizer que sou o único a quem isto irrita, vão?

E que vou eu fazer a Houston?

Vou a uma conferência.

O programa já está disponível e eu vou fazer a primeira keynote.

Tuesday, May 08, 2007

28 para 29

Engraçado...

Este será o quarto ano consecutivo em que não passo a noite de 28 para 29 de Junho em Portugal :-)

São Paulo, Toronto, Chicago e agora Houston.

Não, não fui eu quem deu por ela; houve alguém que me chamou a atenção para isto há coisa de um ano atrás.

Muahahahahah! :-D

Um dos meus planos maquiavélicos para dominar o mundo começa finalmente a ganhar forma!

Já pus pessoas de todos os continentes a ler anedotas em português! :-D

Muahahahahah! :-D

Monday, May 07, 2007

Mais de 1000 anedotas!

Pois é, o Anedotas num site de jeito já ultrapassou (há uns dias) as 1000 anedotas.

Ora muito bem, há que comemorar :-)

Vai daí, inicia-se a FAQ do site :-)

Uma vez mais, o design é da autoria do Ivo Gomes :-) Se houver alguma gralha no texto, aí sim, a culpa é minha O:-)

De notar que logo na segunda pergunta da lista se encontra aquilo que todos vocês sempre quiseram saber! Cof, cof! Como fazer publicidade ao...

Anedotas num site de jeito

Boas gargalhadas! :-)

A esposa namorada

Ele: Sim, a minha namorada.

[pausa]

Ele: Quer dizer, a minha esposa!

Eu: Pois, pois... tens outra...

Ele: Não. Até porque se tivesse não seria "a minha namorada", seria "a nossa namorada" :-)

Este é o mesmo moço que diz que, desde que casou, lhe é muito mais difícil arranjar miúdas... Porque agora já não têm que agradar só a ele, têm que agradar também à mulher! :-)

Friday, May 04, 2007

Harvey Danger - Flagpole Sitta

Se alguém me puder dizer onde é que isto foi feito, eu agradeço :-)

Sunday, April 29, 2007

Subir na vida

Oleg Taktarov parece estar a subir na vida.

Senão vejamos:

Em 2001, entra no filme 15 minutos.

Em 2003, entra no filme 44 minutos.

Mas que virá a seguir? :-)

Nota mental #3

Sempre que acharem que podem melhorar a canalização da vossa casa...

Tentem não o fazer cinco minutos antes de necessitarem dela...

Felizmente, era só a banheira.

Cabelos

Ele: Isto está cheio de cabelos...

Eu: Não são meus...

Ele: Meus também não...

Eu: Bem, sejam lá de quem forem... Saem ao dono...

Três anos

Ela: Sim, eu já sou trintona!

Eu: Ai sim?

Ela: Sim, apesar de que a minha mãe julgava que eu ia fazer 27 anos... Bem, mas ela é a minha mãe, por isso ela lá sabe...

Eu: Isso explicava porque é que não tens memória dos teus primeiros três anos de vida...

Wednesday, April 25, 2007

23 segundos!

Consegui, consegui! :-D

Bati o meu recorde! :-D

Tuesday, April 24, 2007

Nova edição das Perguntas sem Resposta

Porque é que os ginecologistas saem do consultório para as mulheres se despirem?

Por acaso não sei se isto é verdade, porque nem sou mulher, nem sou ginecologista. Em todo o caso, parece-me uma questão de decoro. Uma coisa é examinar parte do corpo da mulher, outra coisa é olhar para ela enquanto esta se despe.

--

Se uma pessoa comprar um terreno, ela possui o terreno todo até ao centro da terra?

Esta é uma questão legal. Sendo uma questão legal, varia de país para país. E eu tenho tanto jeito para dar a volta a questões difíceis que por vezes pergunto-me se não teria jeito para político.

--

Porque é que se chama 'Alcoólicos Anónimos' quando a primeira coisa que fazemos é dizer 'O meu nome é Zé e sou alcoólico'?

A ideia é usar um nome falso. Daí o anónimo.

--

Porque é que há luz no frigorífico e não há no congelador?

(até fui confirmar no meu)

Porque o frigorífico é o sítio onde vamos buscar qualquer coisa para comer a meio da noite, mesmo às escuras. Vai daí, dá jeito ter lá luz. Quanto ao congelador, tipicamente abre-se quando se está a usar a cozinha em pleno, ou seja, com luz.

--

Porque é que a água mineral que corre pelas montanhas durante séculos tem uma 'data para consumo'?

Ela não corre durante séculos. Corre durante uns dias até ao mar e continua o seu ciclo, eventualmente evaporando. Quando a fechamos numa garrafa ela fica parada, estagnada. Daí a necessidade de se impôr uma data limite para o seu consumo.

--

Porque é que as torradeiras têm sempre uma opção para uma temperatura tão alta que queima as torradas todas?

Porque há diferentes tipos de pão e para alguns é mesmo necessária aquela potência.

--

Quem foi a primeira pessoa que olhou para uma vaca e disse 'Acho que vou espremer estas coisas compridas e beber o que quer que saia de lá'?

(pior que isto só mesmo a ideia de se fazer sabão a partir de gordura humana)

Não sei. Eu ainda não era nascido.

--

Porque é que quando o Incrível Hulk se transforma, rebenta toda a roupa menos as cuecas?

Eu sei por experiência própria que há boxers que aguentam ser esticados até mais não. Claro que depois os elásticos perdem a elasticidade, daí o Hulk, quando regressa ao seu estado normal, ter que os segurar com as mãos.

--

Porque é que quando uma pessoa pergunta as horas aponta para o pulso e quando pergunta onde é a casa de banho não aponta para as partes?

Apontamos para o pulso porque assim damos logo a entender à outra pessoa que tem que olhar para o seu pulso. Não apontamos para as partes porque para nos responder a pessoa não tem que olhar para as suas partes.

--

Porque é que o Pateta anda em pé e o Pluto anda de quatro? São ambos cães!

São de raças diferentes.

--

Se o óleo de milho é feito de milho, e o óleo vegetal é feito de vegetais, do que é feito o óleo de bebé?

A designação do óleo de milho vem daquilo de que é feito, mas a do óleo de bébé vem daquilo para que é feito. É um pouco como dizer "lenço de papel" e "lenço de assoar".

--

Porque é que quando uma pessoa te diz que há um bilião de estrelas no céu tu acreditas e quando te diz que tens as cuecas molhadas tu precisas de apalpar para ter a certeza?

Porque com as estrelas eu não consigo ir lá apalpá-las! Assim sendo, resta-me acreditar na pessoa. Além do mais, é-me muito mais credível que alguém me tente enganar sobre o estado das minhas cuecas (por acaso uso boxers) do que sobre a quantidade de estrelas que há no céu.

--

Será que os analfabetos sentem o mesmo efeito ao comer sopa de letras?

Depende. Se a sopa for feita com vinho, provavelmente sentem o mesmo efeito, sim.

Houston

E sim, vou a Houston.

Monday, April 23, 2007

Auriculares

"Ai, estes auriculares são muito bons!"

Isto, claro, dito por uma pessoa que não usa óculos!

Eles que tivessem que o colocar a meio da condução com os óculos postos que eu queria ver!

Camaleão



Quando um camaleão morre, de que cor é que fica?

Será que fica da cor com que estava quando morreu?

Será que tem alguma cor por defeito?

Será que aparece uma mira técnica?

Tuesday, April 17, 2007

Pingo Doce

Eu até não desgosto da música nos super/hiper-mercados...

E até já estou habituado: música rápida quando há muita gente, música lenta quando há pouco movimento...

Mas...

A banda sonora d'O Padrinho?

Um bocado estranho, não?

Tão simples...

Entro na casa de banho e tranco a porta.

Ela vai até à porta e apaga-me a luz.

A única coisa que eu disse foi:

- Estás à vontade, de certeza que não vou ser eu a limpar...

E fez-se luz! O:-)

Friday, April 13, 2007

Mika - Grace Kelly

(vejam o vídeo, que está a meio da letra)

Do I attract you?
Do I repulse you with my queasy smile?
Am I too dirty?
Am I too flirty?
Do I like what you like?

I could be wholesome
I could be loathsome
I guess I'm a little bit shy
Why don't you like me?
Why don't you like me without making me try?

[chorus 1]
I try to be like Grace Kelly
But all her looks were too sad
So I try a little Freddie
I've gone identity mad!

[chorus 2]
I could be brown
I could be blue
I could be violet sky
I could be hurtful
I could be purple
I could be anything you like
Gotta be green
Gotta be mean
Gotta be everything more
Why don't you like me?
Why don't you like me?
(Why don't you) walk out the door!



How can I help it
How can I help it
How can I help what you think?
Hello my baby
Hello my baby
Putting my life on the brink
Why don't you like me
Why don't you like me
Why don't you like yourself?
Should I bend over?
Should I look older just to be put on your shelf?

*chorus 1*

*chorus 2*

Say what you want to satisfy yourself
But you only want what everybody else says you should want

*chorus 2*

*chorus 2*

Thursday, April 12, 2007

Leite gordo e gelados

Segundo um recorte de revista que se encontra no blog da pitux:

"As mulheres que bebem leite gordo e comem gelados têm mais probabilidade de engravidar do que aquelas que consomem produtos lácteos magros"

E eu não resisto a dizer:

São essas e as que têm relações sexuais, também O:-)

"Bom dia! Muito cerveja!"

Eu já estou habituado a receber mails de pessoal que não fala Português mas que sabe o suficiente para terminar um mail com um "Obrigado" ou um "Abraços".

É normal, alguém fazer uso do pouco que sabe de uma língua num gesto de cortesia para com a outra pessoa.

Mas daí a terminar uma mensagem com:

Bom dia! Muito cerveja!

...

Mas quê, foram as frases que o tipo achou mais importantes de saber a tradução? :-)

Monday, April 09, 2007

Tudo é relativo

Estou há já mais de dois anos em Lisboa.

Lembro-me ainda daquela ocasião em que aquele velhote dizia que o pessoal de Lisboa não sabia o que era chuva a sério...

E, verdade seja dita, neste dois anos que aqui passei, ainda não vi chuva a sério.

Ah, sair de casa e ir em direcção à universidade, com o guarda-chuva aberto e a sentir o peso da chuva a empurrá-lo para baixo...

Ah, sair de casa sem guarda-chuva, chegar à universidade (que ficava do outro lado da rua) e decidir regressar a casa para tomar outro banho e mudar de roupa por já estar completamente encharcado...

E ainda me lembro de ver inundações em Viana do Castelo...

Pois é, tudo é relativo.

Aliás, o Glorioso Rocha está na Noruega e enviou-me umas fotos da sua última viagem pelo país. Numa delas vê-se o rádio do carro a marcar sete graus negativos.

Digo eu:

- Bolas, que frio...

E diz ele:

- Bah, amador. Frio é só abaixo dos menos vinte.

Saturday, April 07, 2007

Just Google

Thursday, April 05, 2007

Já se resolvia a questão dos arrumadores de carros, não era?

Quer dizer, os lugares estão lá, por vezes nem há carros ao lado, e vem-me um tipo fazer sinais de torce e destorce quando eu até sei estacionar sozinho?

Ajuda de que eu necessite, eles não dão.

Tomar conta do carro? Também não tomam.

É que parece-me a mim que as pessoas dão-lhes as moedas não por agradecimento de um serviço prestado mas sim por receio, pela intimidação inerente a um sujeito desempregado e com mau aspecto (pelo menos na maioria dos casos) que parece ter vontade de nos riscar o carro se não lhe dermos pelo menos 1 euro!

Já se resolvia isto, não?

Ou será que sou o único a quem isto incomoda?

Wednesday, April 04, 2007

Detectives Privados

(nota: para seguirem o link que vou dar como deve ser, primeiro devem iniciar a sessão em modo adulto)

Os anúncio do Google, tão inteligentes que são, costumam estar relacionados com o contexto em que aparecem (no meu blog de traduções, por exemplo, aparecem anúncios sobre empresas de tradução).

A parte engraçada...

É numa página com anedotas sobre adultério...

Ver o anúncio de uma empresa de detectives privados... :-)

4,000 Yens? :-|

É que um tipo até se assusta, quando vê que o preço da inscrição numa conferência é de 4,000 Yens...

Felizmente (para nós), 4,000 Yens são 25 euros O:-)

Rebuçados Senhor dos Passos

Ah, é sempre divertido quando alguém traz rebuçados do Senhor dos Passos para dar a malta que nunca os viu à frente :-)

A parte mais gira é quando eles metem aquilo à boca e os tentam trincar! :-D

Hum... Ninguém terá fotografias destes rebuçados online, para mostrar à malta que não sabe o que são?

Tuesday, April 03, 2007

Perl Mongers

- [...] porque amanhã tenho um jantar de Perl Mongers.

- Fazes bem... Cozinha bem os Perl Mongers.

Monday, April 02, 2007

No cinema

Chego eu ao cinema e digo:

- São dois bilhetes para o Premonição e dois cornetos de chocolate.

Diz a rapariga detrás do balcão:

- Só tenho lá em cima...

E diz a pessoa que estava comigo muito depressa:

- E cá em baixo tem de quê?

Quase me escangalhava a rir... :-)

Euromilhões

Ele #1: Se eu ganhasse o euromilhões... Acho que passava a vida a coçar a micose...

Ele #2: Bolas, se eu ganhasse o euromilhões, acho é que contratava alguém para me coçar a micose!

Ele #3: Man... vocês são mesmo estúpidos... Se eu ganhasse o euromilhões, pegava, ia ao médico e resolvia o problema da micose!!!

Câmbio, câmbio!

Vocês já imaginaram a confusão que seria tratar de câmbios via rádio?

- Preciso que me faças um câmbio, câmbio!

- Precisas que te faça o quê? Câmbio.

- Exacto, um câmbio, câmbio.

- Como? Câmbio.

- Isso! Câmbio!

Fruta

Às vezes penso...

Se houve um gajo que descobriu a gravidade com uma maçã...

O que não poderia eu fazer com quatro laranjas...

Thursday, March 29, 2007

O blog que faltava!

Não, não é meu!

Mas sim, cheguei a pensar em criar um deste género.

Só não o fiz porque não sinto ter o conhecimento adequado para tal.

Cá está ele, vivamente recomendado: PrófProf!

Wednesday, March 28, 2007

Romântico?

Dizem que é romântico dar a comida na boca à namorada...

E eu pergunto...

Já experimentaram fazer isso num restaurante Japonês?

Pratos do dia

Que falte uma letra numa tabuleta e que ninguém a reponha, até que é compreensível...

Mas quando essa letra é a primeira da tabuleta que diz "Pratos do dia", é naquela...

(no Vasco da Gama, junto ao Pasta Caffee e ao Taste of India)

Tuesday, March 27, 2007

Pagar com moedas

Há umas semanas ouvi a história de um sujeito que, como forma de reclamação para com as finanças, pagou uma verba superior a 100 euros com, salvo erro, 4 sacos de 2 quilos cada, repletos de moedas de 1 e 2 cêntimos. O homem foi ao banco levantar o dinheiro, pediu o dinheiro naquelas condições, deram-lho e lá foi ele para as finanças.

Disseram-me ainda que no balcão das finanças, após terem contado todo o dinheiro e verificarem que a quantia não estava certa, o homem garantiu que estava e foi necessário contar o dinheiro novamente (e sim, o dinheiro estava certo).

Até aqui, tudo normal.

Agora... O que pouca gente sabe é que, aparentemente, por lei, uma entidade pública não é obrigada a aceitar um pagamento se o mesmo não fôr efectuado com quantidades de notas e moedas dentro do bom senso.

Não me perguntem onde é que está a linha, mas eu diria que uns quilos de moedas de 1 e 2 cêntimos para pagar mais de 100 euros, claramente, não é uma quantidade dentro do bom senso.

Agora...

A primeira coisa que me ocorreu foi...

O homem vai ao banco, levanta o dinheiro, chega às finanças e dizem-lhe:

- Ah, lamentamos, mas não aceitamos o pagamento dessa forma!

E o homem lá segue todo lixado em direcção ao banco, aproxima-se do balcão, pede para depositar novamente o dinheiro e respondem-lhe:

- Ah, lamentamos, mas não aceitamos depósitos dessa forma!

Era giro, não era? :-)

Árvores

No fim de um email que recebi e que tive que imprimir, vinha esta mensagem:

"Antes de imprimir este email pense bem se tem mesmo de o fazer. Há cada vez menos árvores."

Por acaso não aconteceu, mas teria sido giro se esta fosse a linha que forçasse o uso de uma folha extra na impressora O:-)

Monday, March 26, 2007

As consultas mais baratas

Ocorreu-me há dias...

Não sei se sabem, mas há consultas de psiquiatria que são mais baratas que as outras.

Em particular, refiro-me a consultas relacionadas com múltipla personalidade. Essas são mais baratas!

E porquê?

Porque é a dividir por todos!

Miúdos

Sábado.

A filhota dos meus primos, que tem agora dois anos, viu-me pela primeira vez.

Olhou para mim muito atenta, sorriu, caminhou desengonçadamente na minha direcção e agarrou-se à minha perna, toda carinhosa, e depois pediu-me colo.

À noite, estava eu no Norte Shopping, ouvi uma espécie de berro infantil.

Olhei para o lado e estava uma miudinha no colo do (presumo eu) pai a sorrir para mim e com os braços estendidos na minha direcção.

Se eu tivesse rebuçados comigo ainda se percebia, mas não tinha.

Às vezes parece magnetismo...

A minha teoria é de que as crianças identificam instintivamente os adultos com maior probabilidade de cuidarem delas devidamente.

Enfim... Os adultos com o relógio biológico activo!

Batatas!

O meu irmão pede um super menu, senta-se, abre a embalagem do hamburguer e diz:

- Txi...

O hamburguer estava esturricado.

Ele vai ao balcão, a empregada aproxima-se dele, ele abre a caixa sem dizer nada e ela pega no hamburguer para ir buscar outro.

Como demorou um pouco, dali a nada passa o gerente que diz ao meu irmão:

- Ainda não lho trouxeram?

- Não. Daqui a mais vou precisar d'outras batatas...

- Eu trago-lhe já.

E lá vem o meu irmão para a mesa com o hamburguer e um novo pacote de batatas para juntar ao que já tinha.

Pega no pacote, tira a primeira vinheta da promoção e...

Tunga! Você ganhou mais um pacote de batatas! :-)

Sim, ainda estou vivo

Ainda aqui estou :-)

E houve pelo menos uma pessoa que deu pela minha falta, o que é bom :-)

Thursday, March 15, 2007

O meu avô...

O meu avô faz hoje 88 anos!

Acho que ele não sabe o que é um blog (ou o que é a internet, provavelmente), mas mesmo assim...

Parabéns, avô :-)