Thursday, January 04, 2007

Expressões idiomáticas

Uma das coisas a que acho mais piada cá por Lisboa são as confusões que surgem com as expressões idiomáticas.

Haviam de ter visto a reacção de quando, ao entrarmos num restaurante em Amesterdão, duas pessoas do norte e duas de Lisboa, a outra pessoa do norte que não eu olhou em redor e disse "Ai vamos entrar pela madeira adentro, vamos..."

Outras expressões que confundem os Lisboetas são frases como "alapa-te aí" ou "vê lá que queres levar uma solha".

Mas se os quiserem mesmo confundir, é só falar-lhes em vestir a caçadeira. Ai sim!

Eles também não sabem o que é andar aos pinchos ou levar uma carga de lenha, e alguns, incrivelmente, não sabem o que é nanar...

E se lhes falarem em fazer uma tainada é que eles se confundem todos...

E também me lembro da pessoa que estava a conduzir o carro me perguntar "será que se eu meter a marcha atrás ainda consigo estacionar ali antes que chegue outro carro?" Quando eu lhe disse "sim, desde que vás ligeirinha" ela abrandou, olhou para mim e disse "Quê?"

É que a única associação que ela tinha para "ligeirinha" era a de uma salada sem tempero!