Monday, February 26, 2007

Vampiros! Muahahahahah! VAM-PI-ROOOOOOOOOS! :-D

Aqui vai uma sugestão com cinco filmes de vampiros! :-)

E despeço-me com um riso maquiavélico!

MUAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

AHAH

AHAH

AHAH

(isto era o eco)

Friday, February 23, 2007

O anúncio mau

Acho que já toda a gente viu um daqueles reclames ao óleo.

Aqueles que não são nada de especial mas que têm um óleo muito bom!

Aqueles que não têm cozinheiros de 7 estrelas nem top models!

Sempre que vejo esses reclames, a situação que me ocorre é a de um CEO a olhar para a televisão e a perguntar-se se o dinheiro que pagou por aquilo terá valido a pena ou não...

Será que a empresa que fez aquilo lhes cobrou menos que o costume? :-)

Ou será que a esta altura está o tipo (ou a tipa) a olhar para a televisão e a pensar:

"Mas porque raio é que eu gastei tanto dinheiro... E tenho um anúncio tão mau?"

Também quero!

Há alguns blogs com formatos muito bons...

Tão bons...

Que até tenho pena de não ter um igual...

Qualquer dia ainda crio um a plagiar esses blogs todos O:-)

Ficam aqui uns exemplos:

De certeza que há mais, mas só queria mesmo deixar aqui o cheirinho ;-)

Thursday, February 22, 2007

Agora sim!



O Anedotas num site de jeito já tem um novo design! :-D

Foi graças ao Ivo Gomes :-)

Quer dizer... há para lá umas gralhas, mas são da minha autoria... O:-) Assim que puder trato-lhes da saúde :-)

Agora sim, é um site de jeito! :-D

É agora, é agora, é agora! :-D

Vá, todos juntos! :-D

Parabéns para o blog! :-D (faz hoje um ano!)
Nesta data querida! :-D ("data querida"... mas que raio de expressão...)
Muitas felicidades! :-D (um blog feliz é um... um blog feliz?)
Muitos anos de vida! :-D (ou não, que vocês também já me aturaram bastante)

Hoje é dia de festa! :-D (mas não há bolo)
Cantam as nossas almas! :-D ([inserir aqui discussão filosófica sobre a existência ou não da alma])
Para o menino blog! :-D (é menino, sim, que eu fui confirmar; levantei-lhe a saia e... estavam lá umas calças!)
Uma salva de palmas! :-D (e se uma árvore bate palmas e não há nenhum blog na floresta, qual é o som dessas palmas, hein?)

ehhhhhh!!!!! :-D

clap clap clap :-D

venham os presentes! venham! :-D

Pedimos desculpa por esta interrupção técnica à qual somos completamente alheios :-)

Retomaremos a nossa programação usual logo que possível :-)

Wednesday, February 21, 2007

Está quase, está quase, está quase!

Vá, preparem-se todos! Está quase! :-D

E havia mesmo!

Sem mais nem menos, lembrei-me de uma das muitas e fantásticas situações surreais que nos aconteceu em Aveiro...

Vínhamos nós do parque, de uma das nossas corridas...

Vínhamos cansados e já vínhamos a andar...

E nisto, umas miúdas que estão a olhar para nós começam-nos a mandar piropos...

Coisas como "Ó jeitosos!"

No momento em que olhei para ela senti imediatamente que havia algo entre nós...

E havia mesmo...

E até o Rui Alberto disse que elas só tinham mandado os piropos porque de facto havia algo entre nós...

Grades! Da varanda delas! :-)

Quem diria...

Quando um amigo meu, já com os seus 27 anos, se inscreveu num curso superior, aquilo que eu pensei foi algo como "Sim senhor... Conhecendo este gajo como o conheço, já não vai ter que gramar com muitas das coisas com que eu gramei..." (e que um dia destes vos contarei, se me pedirem com jeitinho)

Ai não que não grama...

Sim senhor, tem professores muito fixes (e por falar nisso, parabéns, JJ!) mas também apanha com cada um...

As histórias que ele me conta são tantas que ele podia fazer um blog com o dobro, o triplo, ou pelo menos metade do sucesso deste (pelo menos na rua dele, que conhece lá quase toda a gente).

Na última que me contou, o professor correu a turma quase toda a 7!

Quer dizer...

Malta responsável, que trabalha e estuda à noite, que vai às aulas e faz os trabalhos (pelo menos ele assim me conta) e que paga um balúrdio para estar inscrita...

E mais de 90% do pessoal a tirar 7?

É que não é 90% com negativa, é quase tudo com a nota 7!

Já mencionei que a nota mínima para fazer média com o trabalho era 8?

É o rir... :-)

E se de repente...

E se de repente começassem a deitar sangue pelo nariz logo no meio de um momento romântico?

Pois é...

É lixado...

Quer dizer...

Deve ser...

Porque não foi o que me aconteceu a mim...

O momento não era romântico :-)

Mas ei, podia ter sido! :-)

E mais óbvia, dava para ser?

Uma coisa é olharem para mim...

Outra coisa é sentarem-se à minha beira no metro...

E outra...

É fazerem tudo isto quando os outros lugares estão vagos!

Irra!

É que estive quase para me levantar na paragem antes da minha só para ver se ela saía!

Por esta é que eu não estava à espera...

Um gajo põe-se a pedir conselhos...

E fica à espera de respostas como "Não faças isso!" e "Nem penses!" ...

E afinal...

As pessoas surpreendem-me...

E parece que está toda a gente a torcer precisamente por aquilo que eu julgava que eles não queriam que acontecesse...

E esta, hein?

Agora só tenho que decidir o que fazer, pronto, que é a parte mais difícil, mas pelo menos já sei o que a malta pensa...

Por esta não esperava eu...

Friday, February 16, 2007

Nada como...

Chegar a casa e encontrar um presente vindo da Itália :-)

Bigadôôôôôôôôôôôôô :-D

Tenho dias...

Hoje estava meio desastrado, pelos vistos...

No metro, há uma porta que separa o maquinista do interior da carruagem...

Eu ia completamente encostado a essa porta...

Até que ela se abriu... :-|

Já no autocarro só consegui dar uma cabeçada no botão para o mandar parar e quase me estatelar no chão quando me aproximava da porta. Felizmente, agarrei-me a tempo.

Enfim, tenho dias...

E para quebrar o gelo...

Há coisas a que eu acho imensa piada...

Uma delas é a que as pessoas peçam bebidas que vêm em garrafas ou em latas, e que as mesmas sejam servidas com umas pedras de gelo, que quase de certeza são feitas com água da torneira...

Ou não, que eu não percebo muito de hotelaria...

Dois anos depois e...

Dois anos em Lisboa e continua-se a notar que sou um rapaz da província...

E não, não é por causa da forma como digo "pessoas"...

É que eu entro no autocarro e, quando me dirijo ao motorista para pagar o bilhete, digo bom dia...

E quem me vier dizer que também faz o mesmo, de certeza que não é nos autocarros em que eu ando :-)

Thursday, February 15, 2007

Píton



Infelizmente não tenho uma foto melhor, porque os fotógrafos estavam com receio de se aproximar, mas o que é certo...

É que eu segurei esta píton com as minhas mãos! :-D (E era bem maior do que a foto aparenta)

Era pesada, dava a sensação de ser um músculo gigante que se decidisse enroscar-se em mim me amassaria os braços com facilidade, e foi uma experiência no mínimo interessante :-)

Dali por uns minutos o tratador disse-me que ela estava ali porque tinha que ser alimentada, que já não comia nada há duas semanas...

Ainda bem que só me disse nessa altura, hein? :-)

Ah, foi na Austrália :-)

Certos perfumes...

...deviam ser proibidos, porque isto dá a volta a um homem...

Olá, Pai! :-)

Estava eu a ler um outro blog, quanto um certo post me fez lembrar uma memória de infância...

Certo dia eu fui com o meu Pai a uma reunião de encarregados de educação no colégio do meu irmão.

De notar que o meu irmão andava num colégio não porque fôssemos ricos, que não somos (mas também nunca passamos dificuldades, felizmente), mas sim porque foi sempre necessidade que ele estivesse num sítio com muros altos e portas fechadas do qual não conseguisse fugir...

Para quem não sabe, estamos a falar de um miúdo tão rebelde que foi expulso de quase tudo quanto era infantário em Viana do Castelo...

Sim, infantários!

De modo que quando ele foi para a primeira classe o meu Pai foi ao Colégio do Minho ver de que altura eram os muros para ver se ele iria conseguir saltá-los ou não. Achou os muros suficientemente altos, e lá foi o meu irmão.

Claro que não adiantou, porque ele arranjava sempre maneira de sair, saltando para a linha do comboio que havia atrás do colégio O:-)

Mas seja como for, não é do meu irmão que eu quero falar, é do meu Pai (aliás, do nosso) :-)

Nessa reunião o meu Pai fez uma das coisas que mais me fez orgulhar dele (note-se que ele já fez muitas; esta é só uma delas).

Ora discutia-se então o desfile de Carnaval para aquele ano e falava-se do que se poderia fazer.

Um Pai dizia:

- Eu tenho uma fábrica de madeiras. Posso tratar das construções para os carros.

E dizia outro:

- Eu posso tratar das roupas, que tenho quem faça isso.

E outro:

- Eu posso arranjar os carros, que a minha empresa tem.

E no meio daquela gente toda...

O meu Pai...

Foi o único que, quando pediram voluntários, se levantou e disse:

- Eu posso ir com os miúdos no desfile.

Já vos disse que adoro o meu Pai? :-)

Quanto aos outros, podem ir lá para as vossas empresas! :-P

Wednesday, February 14, 2007

Não há nada como...

Fazer alguém sorrir! :-D

Tuesday, February 13, 2007

Eu tenho que dizer esta frase mais vezes

Não há ovos, não há omeletas!

Intervenção divina era dar-lhes um cérebro!

Eu acho sempre muita piada às pessoas que desculpam as coisas com intervenção divina...

Apesar de haver por aí quem o diga em tom de brincadeira, a verdade é que também há quem o diga sem ser com esse tom.

E que dizem eles, perguntam vocês?

Dizem que o terramoto de ontem foi castigo por se ter votado sim no referendo.

Ao que eu pergunto...

Então e os marroquinos, votaram em quê?

Sunday, February 11, 2007

Eu ainda gostava de saber...

Porque é que o vizinho se lembrou de passar todo o Domingo a usar um martelo...

Wednesday, February 07, 2007

E a pergunta que se impõe é...

Será que se pode morrer de saudade?

E com essa ele me calou :-)

Eu: Sempre que se fala em fusos horários eu penso naquela mulherzinha que era tão gorda que precisava de usar dois relógios, um em cada pulso, por causa dos fusos...

Ele: Ei, estás a falar da mulherzinha que era tão gorda que quando atravessou a rua uma mota veio contra ela e quando ela disse ao homem que a podia ter contornado ele disse que sim, mas que teve medo de ficar sem gasolina?

Eu: Sim, essa mulher que quando cai da cama, cai para os dois lados!

Eu e ele: Ahahahahah!

...

[ pequena pausa, respirar... ]

...

Ele, muito sério: Bom, mas vamos deixar de falar da minha mãe.

Tuesday, February 06, 2007

Esta foi demais...

Estava eu a pensar: "Mas como raio é que eu consigo, sem ter uma faca na mão, ficar com um corte no dedo?"

Nisto, deu-se por perto uma daquelas situações que minimizou por completo o meu problema...

E agora eu penso...

Como é que um gajo está a comer um iogurte...

E de repente...

O iogurte fica na roupa dele, e a colher fica metade em cada ponta da sala?

Monday, February 05, 2007

Na cama

Ela: Não, eu ainda estou na cama...

Eu: Eh! Sortuda! Também quero!

Ela: Anda...

Eh lá... :-)

Pipocas

Doces ou salgadas?

Digam de vossa justiça!

Saturday, February 03, 2007

De vez em quando...

Há que dar um passo em frente.

Friday, February 02, 2007

E outra na ferradura

Ele #1: E de que tipo de música gostas tu?

Ele #2: Música clássica barroca, por exemplo.

Ele #1: Cravo?

Ele #2: Sim, claro.

Ele #3: Ah, Cravo... Esse grande compositor...

Gâmico

Ele #1: ... blá blá blá ... e é monogâmico!

Ele #2: Monogâmico? ... Isso não é um tipo de madeira?

:-)

Bom dia! :-D

Diga bom dia com Mokambo! :-D

Mokambo! :-D

Mokambo! :-D

Te-re-re-re-re te-re-re-re... :-D

Mokaaaaambo... :-D

Mokaaaambooooo! :-D

Thursday, February 01, 2007

Disxélicos

Que troquem umas letras de vez em quando, eu ainda compreendo...

Agora...

Mails a falar sobre o meu "cornograma", é que sinceramente...