Thursday, March 29, 2007

O blog que faltava!

Não, não é meu!

Mas sim, cheguei a pensar em criar um deste género.

Só não o fiz porque não sinto ter o conhecimento adequado para tal.

Cá está ele, vivamente recomendado: PrófProf!

Wednesday, March 28, 2007

Romântico?

Dizem que é romântico dar a comida na boca à namorada...

E eu pergunto...

Já experimentaram fazer isso num restaurante Japonês?

Pratos do dia

Que falte uma letra numa tabuleta e que ninguém a reponha, até que é compreensível...

Mas quando essa letra é a primeira da tabuleta que diz "Pratos do dia", é naquela...

(no Vasco da Gama, junto ao Pasta Caffee e ao Taste of India)

Tuesday, March 27, 2007

Pagar com moedas

Há umas semanas ouvi a história de um sujeito que, como forma de reclamação para com as finanças, pagou uma verba superior a 100 euros com, salvo erro, 4 sacos de 2 quilos cada, repletos de moedas de 1 e 2 cêntimos. O homem foi ao banco levantar o dinheiro, pediu o dinheiro naquelas condições, deram-lho e lá foi ele para as finanças.

Disseram-me ainda que no balcão das finanças, após terem contado todo o dinheiro e verificarem que a quantia não estava certa, o homem garantiu que estava e foi necessário contar o dinheiro novamente (e sim, o dinheiro estava certo).

Até aqui, tudo normal.

Agora... O que pouca gente sabe é que, aparentemente, por lei, uma entidade pública não é obrigada a aceitar um pagamento se o mesmo não fôr efectuado com quantidades de notas e moedas dentro do bom senso.

Não me perguntem onde é que está a linha, mas eu diria que uns quilos de moedas de 1 e 2 cêntimos para pagar mais de 100 euros, claramente, não é uma quantidade dentro do bom senso.

Agora...

A primeira coisa que me ocorreu foi...

O homem vai ao banco, levanta o dinheiro, chega às finanças e dizem-lhe:

- Ah, lamentamos, mas não aceitamos o pagamento dessa forma!

E o homem lá segue todo lixado em direcção ao banco, aproxima-se do balcão, pede para depositar novamente o dinheiro e respondem-lhe:

- Ah, lamentamos, mas não aceitamos depósitos dessa forma!

Era giro, não era? :-)

Árvores

No fim de um email que recebi e que tive que imprimir, vinha esta mensagem:

"Antes de imprimir este email pense bem se tem mesmo de o fazer. Há cada vez menos árvores."

Por acaso não aconteceu, mas teria sido giro se esta fosse a linha que forçasse o uso de uma folha extra na impressora O:-)

Monday, March 26, 2007

As consultas mais baratas

Ocorreu-me há dias...

Não sei se sabem, mas há consultas de psiquiatria que são mais baratas que as outras.

Em particular, refiro-me a consultas relacionadas com múltipla personalidade. Essas são mais baratas!

E porquê?

Porque é a dividir por todos!

Miúdos

Sábado.

A filhota dos meus primos, que tem agora dois anos, viu-me pela primeira vez.

Olhou para mim muito atenta, sorriu, caminhou desengonçadamente na minha direcção e agarrou-se à minha perna, toda carinhosa, e depois pediu-me colo.

À noite, estava eu no Norte Shopping, ouvi uma espécie de berro infantil.

Olhei para o lado e estava uma miudinha no colo do (presumo eu) pai a sorrir para mim e com os braços estendidos na minha direcção.

Se eu tivesse rebuçados comigo ainda se percebia, mas não tinha.

Às vezes parece magnetismo...

A minha teoria é de que as crianças identificam instintivamente os adultos com maior probabilidade de cuidarem delas devidamente.

Enfim... Os adultos com o relógio biológico activo!

Batatas!

O meu irmão pede um super menu, senta-se, abre a embalagem do hamburguer e diz:

- Txi...

O hamburguer estava esturricado.

Ele vai ao balcão, a empregada aproxima-se dele, ele abre a caixa sem dizer nada e ela pega no hamburguer para ir buscar outro.

Como demorou um pouco, dali a nada passa o gerente que diz ao meu irmão:

- Ainda não lho trouxeram?

- Não. Daqui a mais vou precisar d'outras batatas...

- Eu trago-lhe já.

E lá vem o meu irmão para a mesa com o hamburguer e um novo pacote de batatas para juntar ao que já tinha.

Pega no pacote, tira a primeira vinheta da promoção e...

Tunga! Você ganhou mais um pacote de batatas! :-)

Sim, ainda estou vivo

Ainda aqui estou :-)

E houve pelo menos uma pessoa que deu pela minha falta, o que é bom :-)

Thursday, March 15, 2007

O meu avô...

O meu avô faz hoje 88 anos!

Acho que ele não sabe o que é um blog (ou o que é a internet, provavelmente), mas mesmo assim...

Parabéns, avô :-)

Sunday, March 11, 2007

Eu assisto a cada coisa...

Ela: Ora, ele não é gordo, só tem barriga!

Ele: Pois só... Só tem barriga... Na barriga, nas pernas, nos braços...

Saturday, March 10, 2007

Seria giro...

Seria giro que eu pudesse encontrar, com facilidade, um endereço de mail do google para o qual eu pudesse escrever a explicar que se escreve "mais antigas", e não "mas antigas", como está no fundo do blog.

Também não gosto da palavra "postagens", acho que por defeito deveria ser "visualizar o meu perfil", e não "visualizar meu perfil", and so on, and so on, and so on...

Enfim...

Se virem algo de estranho no blog...

Sou eu a fazer experiências com os templates O:-)

Coisas que nunca vi...

Era um bom título para um blog, não era? O:-)

Quem sabe, um dia destes...

No entretanto, uma coisa que nunca vi: um cão a arrotar! :-)

Miúdos surpreendentes

- E tu, o que queres ser quando fores grande?

E o rapazito responde, meio entretido com outras coisas e com pausas a meio:

- Tratador... Profissional... De perús...

Terror

Há uns anos atrás, eu detestava ver filmes de terror...

Hoje em dia, parece que são os meus favoritos... :-)

E hoje...

Vai haver sessão...

[ e agora vem a risada cavernácula ]

AH AH AH AH AH

[ ouviram o eco, ouviram? ]

[ viram? ]

[ viram? ]

[ viram? ]

E a pior parte desta história dos condutores de Domingo...

...é que hoje é Sábado!

Ora se hoje é Sábado, o que é que estes gajos andam a fazer na rua?

Thursday, March 08, 2007

Desabafo

Uma coisa a que acho piada nisto dos blogs é o facto das pessoas escreverem letras em vez de nomes.

Sinceramente, não percebo...

Bom, e agora que já desabafei vou trabalhar, que logo tenho que sair cedo, que vou jantar com a A.

Wednesday, March 07, 2007

E depois de Carlos Labiós, Ana Lacerda

E não é que ela encontrou o meu blog? :-)

Isto de escrever sobre as pessoas e depois elas virem cá ter é giro :-)

Claudia Schiffer, Claudia Schiffer, Claudia Schiffer! O:-)

Monday, March 05, 2007

Árvores

Certo dia dei por mim no meio do Brasil, na festa de aniversário de uma senhora de 80 anos.

É uma longa história, mas a senhora era avó de um amigo meu.

Seja como fôr, o rapaz tinha feito a árvore geneológica de TODA a família.

E quando digo "TODA", era mesmo "TODA"!

Folhas e folhas até mais não, do chão até acima da cintura, de uma ponta à outra da piscina. Era uma árvore geneológica ENORME!

Perguntaram ao rapaz (várias vezes) sobre como tinha feito aquilo, e ele explicou todas as aventuras que teve com o passar dos anos para reunir toda aquela informação, descobrir antepassados, parentes afastados, etc.

Mas a frase que mais impressionou foi, sem dúvida (e com sotaque brasileiro):

"Olha, na minha qualidade de geneólogo amador, eu só tenho duas coisa p'ra dizê p'ra vocêis: Primeiro, tenham pôcos filho! E segundo... Parem de casá primo cum prima, pô!"
Lembrei-me disto depois de ter passado com uns problemas com o telemóvel...

Nem perguntem...

Carteiros

De há algum tempo para cá que faço diariamente um percurso a pé no qual passo por um edifício dos CTT.

Por vezes passo à hora a que os carteiros começam a trabalhar...

O que significa que vejo grupos de 6, 7 carteiros a andar em grupo...

O que, diga-se de passagem, é algo que parece mesmo irreal...

Algo semelhante a, por exemplo, ver 10 caixas de correio juntas, porque são coisas que estamos habituados a ver isoladas...

Mas aquilo que sempre me ocorre quando os vejo...

É o susto que um cão apanharia se os visse!

Aposto que seria algo do género: "Ai, carago, que agora é que eles me fazem a folha!"

Deixem-me traduzir-vos uma anedota...

Se há coisa a que acho que piada é aos serviços de tradução automática.

Ora leiam lá esta anedota em inglês:

A man is in one safari with its mother-in-law.
In this, a lion appears that if shoots the mother-in-law.
The woman rebola for the soil trying itself to free of the crossbow and cries out for the son-in-law:
- She goes off! She goes off!
E the son-in-law says, with disillusioned air:
- I wanted well… but he finished the coil…
Agora podem ver o original aqui :-)

Ainda gostava de saber como é que "dispara" pode ser traduzido para "she goes off"... Está-me certamente a escapar qualquer maravilha das traduções... O:-)

Thursday, March 01, 2007

Publicidade nas estradas

E ligar o portátil e encontrar uma rede que aparentemente é a de um daqueles mostradores de publicidade gigantes?

É que a primeira coisa que me ocorreu foi a possibilidade de entrar no sistema e colocar lá mensagens...

E as primeiras que me ocorreram foram...

VÁ, AGORA TUDO PARA A FAIXA DA ESQUERDA! :-D

VÁ, AGORA PARA A DIREITA! :-D