Sunday, April 29, 2007

Subir na vida

Oleg Taktarov parece estar a subir na vida.

Senão vejamos:

Em 2001, entra no filme 15 minutos.

Em 2003, entra no filme 44 minutos.

Mas que virá a seguir? :-)

Nota mental #3

Sempre que acharem que podem melhorar a canalização da vossa casa...

Tentem não o fazer cinco minutos antes de necessitarem dela...

Felizmente, era só a banheira.

Cabelos

Ele: Isto está cheio de cabelos...

Eu: Não são meus...

Ele: Meus também não...

Eu: Bem, sejam lá de quem forem... Saem ao dono...

Três anos

Ela: Sim, eu já sou trintona!

Eu: Ai sim?

Ela: Sim, apesar de que a minha mãe julgava que eu ia fazer 27 anos... Bem, mas ela é a minha mãe, por isso ela lá sabe...

Eu: Isso explicava porque é que não tens memória dos teus primeiros três anos de vida...

Wednesday, April 25, 2007

23 segundos!

Consegui, consegui! :-D

Bati o meu recorde! :-D

Tuesday, April 24, 2007

Nova edição das Perguntas sem Resposta

Porque é que os ginecologistas saem do consultório para as mulheres se despirem?

Por acaso não sei se isto é verdade, porque nem sou mulher, nem sou ginecologista. Em todo o caso, parece-me uma questão de decoro. Uma coisa é examinar parte do corpo da mulher, outra coisa é olhar para ela enquanto esta se despe.

--

Se uma pessoa comprar um terreno, ela possui o terreno todo até ao centro da terra?

Esta é uma questão legal. Sendo uma questão legal, varia de país para país. E eu tenho tanto jeito para dar a volta a questões difíceis que por vezes pergunto-me se não teria jeito para político.

--

Porque é que se chama 'Alcoólicos Anónimos' quando a primeira coisa que fazemos é dizer 'O meu nome é Zé e sou alcoólico'?

A ideia é usar um nome falso. Daí o anónimo.

--

Porque é que há luz no frigorífico e não há no congelador?

(até fui confirmar no meu)

Porque o frigorífico é o sítio onde vamos buscar qualquer coisa para comer a meio da noite, mesmo às escuras. Vai daí, dá jeito ter lá luz. Quanto ao congelador, tipicamente abre-se quando se está a usar a cozinha em pleno, ou seja, com luz.

--

Porque é que a água mineral que corre pelas montanhas durante séculos tem uma 'data para consumo'?

Ela não corre durante séculos. Corre durante uns dias até ao mar e continua o seu ciclo, eventualmente evaporando. Quando a fechamos numa garrafa ela fica parada, estagnada. Daí a necessidade de se impôr uma data limite para o seu consumo.

--

Porque é que as torradeiras têm sempre uma opção para uma temperatura tão alta que queima as torradas todas?

Porque há diferentes tipos de pão e para alguns é mesmo necessária aquela potência.

--

Quem foi a primeira pessoa que olhou para uma vaca e disse 'Acho que vou espremer estas coisas compridas e beber o que quer que saia de lá'?

(pior que isto só mesmo a ideia de se fazer sabão a partir de gordura humana)

Não sei. Eu ainda não era nascido.

--

Porque é que quando o Incrível Hulk se transforma, rebenta toda a roupa menos as cuecas?

Eu sei por experiência própria que há boxers que aguentam ser esticados até mais não. Claro que depois os elásticos perdem a elasticidade, daí o Hulk, quando regressa ao seu estado normal, ter que os segurar com as mãos.

--

Porque é que quando uma pessoa pergunta as horas aponta para o pulso e quando pergunta onde é a casa de banho não aponta para as partes?

Apontamos para o pulso porque assim damos logo a entender à outra pessoa que tem que olhar para o seu pulso. Não apontamos para as partes porque para nos responder a pessoa não tem que olhar para as suas partes.

--

Porque é que o Pateta anda em pé e o Pluto anda de quatro? São ambos cães!

São de raças diferentes.

--

Se o óleo de milho é feito de milho, e o óleo vegetal é feito de vegetais, do que é feito o óleo de bebé?

A designação do óleo de milho vem daquilo de que é feito, mas a do óleo de bébé vem daquilo para que é feito. É um pouco como dizer "lenço de papel" e "lenço de assoar".

--

Porque é que quando uma pessoa te diz que há um bilião de estrelas no céu tu acreditas e quando te diz que tens as cuecas molhadas tu precisas de apalpar para ter a certeza?

Porque com as estrelas eu não consigo ir lá apalpá-las! Assim sendo, resta-me acreditar na pessoa. Além do mais, é-me muito mais credível que alguém me tente enganar sobre o estado das minhas cuecas (por acaso uso boxers) do que sobre a quantidade de estrelas que há no céu.

--

Será que os analfabetos sentem o mesmo efeito ao comer sopa de letras?

Depende. Se a sopa for feita com vinho, provavelmente sentem o mesmo efeito, sim.

Houston

E sim, vou a Houston.

Monday, April 23, 2007

Auriculares

"Ai, estes auriculares são muito bons!"

Isto, claro, dito por uma pessoa que não usa óculos!

Eles que tivessem que o colocar a meio da condução com os óculos postos que eu queria ver!

Camaleão



Quando um camaleão morre, de que cor é que fica?

Será que fica da cor com que estava quando morreu?

Será que tem alguma cor por defeito?

Será que aparece uma mira técnica?

Tuesday, April 17, 2007

Pingo Doce

Eu até não desgosto da música nos super/hiper-mercados...

E até já estou habituado: música rápida quando há muita gente, música lenta quando há pouco movimento...

Mas...

A banda sonora d'O Padrinho?

Um bocado estranho, não?

Tão simples...

Entro na casa de banho e tranco a porta.

Ela vai até à porta e apaga-me a luz.

A única coisa que eu disse foi:

- Estás à vontade, de certeza que não vou ser eu a limpar...

E fez-se luz! O:-)

Friday, April 13, 2007

Mika - Grace Kelly

(vejam o vídeo, que está a meio da letra)

Do I attract you?
Do I repulse you with my queasy smile?
Am I too dirty?
Am I too flirty?
Do I like what you like?

I could be wholesome
I could be loathsome
I guess I'm a little bit shy
Why don't you like me?
Why don't you like me without making me try?

[chorus 1]
I try to be like Grace Kelly
But all her looks were too sad
So I try a little Freddie
I've gone identity mad!

[chorus 2]
I could be brown
I could be blue
I could be violet sky
I could be hurtful
I could be purple
I could be anything you like
Gotta be green
Gotta be mean
Gotta be everything more
Why don't you like me?
Why don't you like me?
(Why don't you) walk out the door!



How can I help it
How can I help it
How can I help what you think?
Hello my baby
Hello my baby
Putting my life on the brink
Why don't you like me
Why don't you like me
Why don't you like yourself?
Should I bend over?
Should I look older just to be put on your shelf?

*chorus 1*

*chorus 2*

Say what you want to satisfy yourself
But you only want what everybody else says you should want

*chorus 2*

*chorus 2*

Thursday, April 12, 2007

Leite gordo e gelados

Segundo um recorte de revista que se encontra no blog da pitux:

"As mulheres que bebem leite gordo e comem gelados têm mais probabilidade de engravidar do que aquelas que consomem produtos lácteos magros"

E eu não resisto a dizer:

São essas e as que têm relações sexuais, também O:-)

"Bom dia! Muito cerveja!"

Eu já estou habituado a receber mails de pessoal que não fala Português mas que sabe o suficiente para terminar um mail com um "Obrigado" ou um "Abraços".

É normal, alguém fazer uso do pouco que sabe de uma língua num gesto de cortesia para com a outra pessoa.

Mas daí a terminar uma mensagem com:

Bom dia! Muito cerveja!

...

Mas quê, foram as frases que o tipo achou mais importantes de saber a tradução? :-)

Monday, April 09, 2007

Tudo é relativo

Estou há já mais de dois anos em Lisboa.

Lembro-me ainda daquela ocasião em que aquele velhote dizia que o pessoal de Lisboa não sabia o que era chuva a sério...

E, verdade seja dita, neste dois anos que aqui passei, ainda não vi chuva a sério.

Ah, sair de casa e ir em direcção à universidade, com o guarda-chuva aberto e a sentir o peso da chuva a empurrá-lo para baixo...

Ah, sair de casa sem guarda-chuva, chegar à universidade (que ficava do outro lado da rua) e decidir regressar a casa para tomar outro banho e mudar de roupa por já estar completamente encharcado...

E ainda me lembro de ver inundações em Viana do Castelo...

Pois é, tudo é relativo.

Aliás, o Glorioso Rocha está na Noruega e enviou-me umas fotos da sua última viagem pelo país. Numa delas vê-se o rádio do carro a marcar sete graus negativos.

Digo eu:

- Bolas, que frio...

E diz ele:

- Bah, amador. Frio é só abaixo dos menos vinte.

Saturday, April 07, 2007

Just Google

Thursday, April 05, 2007

Já se resolvia a questão dos arrumadores de carros, não era?

Quer dizer, os lugares estão lá, por vezes nem há carros ao lado, e vem-me um tipo fazer sinais de torce e destorce quando eu até sei estacionar sozinho?

Ajuda de que eu necessite, eles não dão.

Tomar conta do carro? Também não tomam.

É que parece-me a mim que as pessoas dão-lhes as moedas não por agradecimento de um serviço prestado mas sim por receio, pela intimidação inerente a um sujeito desempregado e com mau aspecto (pelo menos na maioria dos casos) que parece ter vontade de nos riscar o carro se não lhe dermos pelo menos 1 euro!

Já se resolvia isto, não?

Ou será que sou o único a quem isto incomoda?

Wednesday, April 04, 2007

Detectives Privados

(nota: para seguirem o link que vou dar como deve ser, primeiro devem iniciar a sessão em modo adulto)

Os anúncio do Google, tão inteligentes que são, costumam estar relacionados com o contexto em que aparecem (no meu blog de traduções, por exemplo, aparecem anúncios sobre empresas de tradução).

A parte engraçada...

É numa página com anedotas sobre adultério...

Ver o anúncio de uma empresa de detectives privados... :-)

4,000 Yens? :-|

É que um tipo até se assusta, quando vê que o preço da inscrição numa conferência é de 4,000 Yens...

Felizmente (para nós), 4,000 Yens são 25 euros O:-)

Rebuçados Senhor dos Passos

Ah, é sempre divertido quando alguém traz rebuçados do Senhor dos Passos para dar a malta que nunca os viu à frente :-)

A parte mais gira é quando eles metem aquilo à boca e os tentam trincar! :-D

Hum... Ninguém terá fotografias destes rebuçados online, para mostrar à malta que não sabe o que são?

Tuesday, April 03, 2007

Perl Mongers

- [...] porque amanhã tenho um jantar de Perl Mongers.

- Fazes bem... Cozinha bem os Perl Mongers.

Monday, April 02, 2007

No cinema

Chego eu ao cinema e digo:

- São dois bilhetes para o Premonição e dois cornetos de chocolate.

Diz a rapariga detrás do balcão:

- Só tenho lá em cima...

E diz a pessoa que estava comigo muito depressa:

- E cá em baixo tem de quê?

Quase me escangalhava a rir... :-)

Euromilhões

Ele #1: Se eu ganhasse o euromilhões... Acho que passava a vida a coçar a micose...

Ele #2: Bolas, se eu ganhasse o euromilhões, acho é que contratava alguém para me coçar a micose!

Ele #3: Man... vocês são mesmo estúpidos... Se eu ganhasse o euromilhões, pegava, ia ao médico e resolvia o problema da micose!!!

Câmbio, câmbio!

Vocês já imaginaram a confusão que seria tratar de câmbios via rádio?

- Preciso que me faças um câmbio, câmbio!

- Precisas que te faça o quê? Câmbio.

- Exacto, um câmbio, câmbio.

- Como? Câmbio.

- Isso! Câmbio!

Fruta

Às vezes penso...

Se houve um gajo que descobriu a gravidade com uma maçã...

O que não poderia eu fazer com quatro laranjas...