Thursday, May 31, 2007

Uma pausa

Estava tudo em silêncio...

Nisto, eu olho para a mesa dele e reparo nos packs de Kit Kats que ele lá tinha.

E, no meio do silêncio, ouve-se a minha voz:

- Sabes, tu comes tanto Kit Kat que isso não é uma pausa, são umas férias...

É engraçado como o silêncio é tão fácil de quebrar... :-)

OK Go - Here It Goes Again

Um vídeo que já aqui queria deixar há bastante tempo. Um dos melhores que já vi.

E sim, foi filmado de uma só vez :-)

Sunday, May 27, 2007

Bombeiros

Já imaginaram o stress que os bombeiros devem sentir em certas situações?

Imaginem, por exemplo, que os bombeiros são chamados por causa de um incêndio numa incineradora!

Quer dizer, os tipos chegam lá, e depois?

Como é que eles sabem o que deve estar a arder e o que não deve?

Friday, May 25, 2007

Beber

Esta é uma frase de um amigo meu:

"Eu não sou pessoa de beber muito, mas o pouco que bebo transforma-me noutra pessoa, e essa sim, bebe de c*r*lh*!"

Wednesday, May 23, 2007

Coca-Cola Zero

Tenho ouvido muita gente a queixar-se da nova Coca-Cola Zero.

Hoje provei-a.

Sinceramente, não partilho da opinião da malta...

Finalmente, um produto sincero, honeste e que vale aquilo que anunciam!

Ou seja, zero! O:-)

É que um gajo bebe e fica com a sensação de estar a engolir em seco... :-)

Monday, May 21, 2007

Os velhotes lá do prédio

Morar num prédio onde praticamente só habitam velhotes, fora o ocasional ressonar de um ou outro (não estou a brincar) é bom.

E porque é que é bom? Porque é uma calmaria enorme!

Só há é um pequenito problema...

É que uma pessoa tem que descer as escadas com cuidado...

Para não ser interpelado por um "Podia-me ver se o meu telemóvel está carregado?" ou algo do género.

E o que me safou foi que realmente eu não sabia ver o saldo naquela coisa...

Sunday, May 20, 2007

A falta de respeito pelos telespectadores

Não sei se sou só eu a reparar nisto, mas os canais portugueses têm cada vez menos respeito por nós.

Já deixaram de passar os créditos no final dos filmes e, por conseguinte, muitas vezes não passam aquelas imagens que alguns filmes contêm após os créditos.

Da duração dos intervalos nem é preciso dizer nada.

Depois há as mudanças de horários sem ninguém contar. Ainda na semana passada estava a contar ver o The Unit às 15:10 e afinal só passou às 15:45. Esta semana já começou outra vez às 15:10, pelo que perdi o início.

E mesmo sem mudarem os horários, aqueles que eles estabelecem vão sendo cada vez mais ridículos. Alien: Ressureição a começar às 00:40? De Domingo para Segunda? Então e quem trabalha, não tem direito a ver o filme?

Depois há as legendas, claro.

A dada altura começaram a passar aquelas mensagens em rodapé a anunciar outros programas, e agora até já metem esses anúncios a ocupar quase um quarto do ecrã. Ou será que nunca ninguém gramou com a Floribella a aparecer a dançar no meio de um filme de ficção científica? Ainda ontem gramei com um anúncio a tapar a cara da personagem que estava a falar, e hoje apareceu o Gary Sinise, do CSI, na testa do rei Darius, em Alexandre.

Pergunto-me que mais irão eles fazer...

E ainda me perguntam porque é que não gosto de ver televisão...

Saturday, May 19, 2007

E eis que tudo volta ao normal

Basta ver que este ano, de todas as pessoas que conheço, só uma mencionou o festival da canção :-)

E aposto que a maioria das pessoas que conheço nem faz ideia de como foi, de onde foi, de quem ganhou, de quem cantou, de quem escreveu a nossa letra ou de como se chamava a nossa canção.

A título informativo, foi o Emanuel quem escreveu a letra. Pelo menos foi o que me disseram. E não, não tenho o resto da informação :-)

Claro que, para Portugal, tudo continua na mesma...

Sabem há quanto tempo não passamos das semi-finais do festival?

Desde que começaram a haver semi-finais no festival O:-)

E pronto, deixo-vos com um vídeo dos Lordi, desta feita com uma música que não aquela que toda a gente conhece.

Senhoras e senhores, Lordi, com Blood Red Sandman:

Wednesday, May 16, 2007

Pessoas estúpidas

Perdoem-me o título deste post, mas não me ocorreu um melhor.

Este post é sobre pessoas que agem sem pensar.

Ora então aqui fica um exemplo, acontecido com uma amiga minha:

1 - Fulana de tal vai ter ao gabinete de uma pessoa, a minha amiga, que trabalha numa faculdade, explicando que necessita de ajuda para um trabalho;

2 - Fulana de tal não sabe bem o que quer e trata a pessoa por "pá";

3 - A pessoa explica à fulana de tal que vai ter que fazer alguma pesquisa básica prévia para saber ao certo de que é que necessita, pede-lhe que lhe envie determinada informação para a poder ajudar, marca uma reunião com a fulana para dali por uns dias para a poder ajudar e pede-lhe que não a trate por "pá";

4 - Fulana de tal sai do gabinete, com a combinação da pesquisa e da reunião e...

DIRIGE-SE AO LIVRO DE RECLAMAÇÕES DA FACULDADE E RECLAMA DA RAPARIGA QUE A ATENDEU!

A título informativo, reclamou que a pessoa que a atendeu tinha sido arrogante e que nunca a encontrava no gabinete, o que até faz sentido, porque só a procurou da parte da manhã e a pessoa só trabalha da parte da tarde.

Mas reparem...

Ainda com a noção de que queria e necessitava da reunião dali por uns dias, foi fazer uma reclamação da pessoa.

Quando chegou o dia da reunião, foi ter com a pessoa e espantou-se quando a pessoa lhe disse que não iria colaborar com ela porque depois de ser alvo de uma reclamação formal à sua pessoa não se sentia à vontade para tal até o assunto estar resolvido (sim, que este tipo de reclamação nestes estabelecimentos tem que ser respondido e tratado formalmente).

Mas...

Não há aqui qualquer coisa que está mal?

Mas quem é que provoca uma pessoa mesmo antes de precisar dela?

Não bastam dois dedos de testa?

Isto é o equivalente a telefonar ao vizinho a pedir-lhe o cortador de relva emprestado, combinar ir lá no dia seguinte buscá-lo e de seguida processá-lo por estacionar sempre o carro em frente à sua garagem.

E quê, está-se à espera de no dia seguinte o vizinho estar à porta de casa com o cortador à espera? E com um sorriso na cara, já agora, não? :-)

Note-se que não estou a falar de fazer ou não uma reclamação, ou de processar ou não uma pessoa. Estou é a falar da ordem dos acontecimentos.

Ele há cada uma...

Depois admiram-se... :-)

Perfeito, perfeito era aquilo não passar na televisão!

Se há reclame que me mete impressão é esse, o do perfeito perfeito (e sem nada contra o Bruno, que até aprecio o pouco trabalho dele que conheço)!

Para quem está fora de Portugal, estamos a falar de um reclame televisivo a uma cerveja sem álcool. O reclame é tão estúpido (principalmente a parte do "Vamos para o perfeito? Onde é que é? É aqui.") que nem o vou tentar descrever.

Pode ser só impressão minha, mas acho que a única forma daquilo convencer alguém a beber daquela cerveja sem álcool...

É a pessoa beber muita da outra, primeiro!

Ser o primeiro a chegar...

Ser o primeiro a chegar ao local de trabalho é giro...

Ser mesmo o primeiro a chegar de todas as empresas no edifício também é giro...

Excepto...

Quanto não temos a chave da porta do prédio connosco...

Monday, May 14, 2007

Só um postzinho, mesmo

Na ausência de tempo para escrever 20 posts diferentes, deixo-vos só um interessante:

Qual é a primeira coisa que se faz quando se muda para uma casa nova?

Darmo-nos a conhecer aos vizinhos! O:-)

Mas, mas...

Um dia destes vou colocar aqui um post só com as coisas que inserem no meu site de anedotas e que são rejeitadas...

É que é com cada uma...

Friday, May 11, 2007

Esta ainda não me tinha acontecido...



Ofereci-lhe um livro.

Ela: Já o leste:

Eu: Li as primeiras páginas...

Ela: Gostaste?

Eu: Digamos que... Vais ter que mo emprestar :-)

Ela: Ah, então podes levá-lo já.

Eu: Não, não. Depois de o leres.

Ela: Mas eu já o li.

Eu: Er... Já o leste?

Ela: Sim.

Eu: Mas eu julgava que... Tu não tinhas dito que andavas à procura deste livro?

Ela: Sim, eu queria comprá-lo, mas já o li.

E pronto... Ofereci um presente e logo de seguida a pessoa que o recebe empresta-mo :-)

Em todo o caso, parece-me que durante o fim de semana já termino o livro... O que significa, claro está, que muito em breve vou ter um pretexto para novo jantar... Não é? O:-)

Thursday, May 10, 2007

Se não os podes vencer...

O Francisco é que não tem um blog meio estúpido, como este, senão decerto colocaria lá uma frase da sua autoria.

Não sendo esse o caso, pedi-lhe autorização para a publicar aqui:

"Se não os podes vencer... Chama os amigos!" :-)

Wednesday, May 09, 2007

Nados e óbitos

Ele: Entre 1960 e 2002 morriam cerca de 100 000 pessoas por ano, em Portugal. Já o número de nascimentos tem baixado, vindo já desde os 210 000 para os 114 000 por ano.

Eu: Ou seja, o pessoal que ***** é que têm morrido...

Ela, com ar de quem tinha ouvido uma coisa estúpida: Meu Deus... Mas...

Eu: Mas nada! É óbvio! Mas tu achas que eles morriam de quê?

Algo que me irrita solenemente

E não é só a mim, de certeza. Também deve irritar a quase totalidade de condutores que tem que passar de carro por detrás da estação do Cais do Sodré de manhãzinha.

É ou não é?

A questão são as pessoas que saem do transporte fluvial. Parte delas dirige-se à zona dos autocarros e outra parte dirige-se ao metro.

Quando às que vão para os autocarros, eu dava tudo para que elas aprendessem a diferença entre um passeio e uma estrada.

Mas porque é que aquela gente tem que vir toda pelo meio da estrada? Parece que estou a tentar sair do centro de Viana do Castelo depois do fogo de artíficio das Festas de Nossa Senhora da Agonia terminar.

Pessoal, há um passeio mesmo ali ao lado!

Depois de passado este primeiro obstáculo, vem outro ainda pior: a malta do metro!

Por favor, por favor, por favor... Alguém meta ali um semáforo!

É que é ridículo! É um mar de gente a atravessar aquela passadeira.

E sempre que há uma abertinha para um carro passar, vem um cromo qualquer a correr a ocupar aquele espaçozito!

Vão-me dizer que sou o único a quem isto irrita, vão?

E que vou eu fazer a Houston?

Vou a uma conferência.

O programa já está disponível e eu vou fazer a primeira keynote.

Tuesday, May 08, 2007

28 para 29

Engraçado...

Este será o quarto ano consecutivo em que não passo a noite de 28 para 29 de Junho em Portugal :-)

São Paulo, Toronto, Chicago e agora Houston.

Não, não fui eu quem deu por ela; houve alguém que me chamou a atenção para isto há coisa de um ano atrás.

Muahahahahah! :-D

Um dos meus planos maquiavélicos para dominar o mundo começa finalmente a ganhar forma!

Já pus pessoas de todos os continentes a ler anedotas em português! :-D

Muahahahahah! :-D

Monday, May 07, 2007

Mais de 1000 anedotas!

Pois é, o Anedotas num site de jeito já ultrapassou (há uns dias) as 1000 anedotas.

Ora muito bem, há que comemorar :-)

Vai daí, inicia-se a FAQ do site :-)

Uma vez mais, o design é da autoria do Ivo Gomes :-) Se houver alguma gralha no texto, aí sim, a culpa é minha O:-)

De notar que logo na segunda pergunta da lista se encontra aquilo que todos vocês sempre quiseram saber! Cof, cof! Como fazer publicidade ao...

Anedotas num site de jeito

Boas gargalhadas! :-)

A esposa namorada

Ele: Sim, a minha namorada.

[pausa]

Ele: Quer dizer, a minha esposa!

Eu: Pois, pois... tens outra...

Ele: Não. Até porque se tivesse não seria "a minha namorada", seria "a nossa namorada" :-)

Este é o mesmo moço que diz que, desde que casou, lhe é muito mais difícil arranjar miúdas... Porque agora já não têm que agradar só a ele, têm que agradar também à mulher! :-)

Friday, May 04, 2007

Harvey Danger - Flagpole Sitta

Se alguém me puder dizer onde é que isto foi feito, eu agradeço :-)