Wednesday, June 06, 2007

Firefly: Mais uma série fabulosa!


Firefly!

Simplesmente fabulosa!

Antes de mais, deixem-me dizer-vos que, nesta série, não há som no espaço, que é como deve ser, porque o som não se propaga no vácuo! Assim, explosões e afins são vistas em silêncio, ou quando muito com uma banda sonora country.

Mas adiante...

A Terra fica sobrepopulada e os seres humanos viajam para outro sistema Solar. Uma vez lá, dá-se a guerra entre a Aliança, que defende a união dos planetas, e os Separatistas. A Aliança vence e a série começa aqui, quando um antigo sargento separatista compra uma nave classe Firefly, arranja uma tripulação e começa uma vida de contrabandista neste novo sistema regido pela Aliança.

O capitão Mal, com a sua tripulação de 8, embarcam numa série de aventuras.

Há a Zoe, que acompanha Mal desde a guerra, Wash, o piloto que casou com Zoe, Kaylee, a mecânica maravilha, Simon, o doutor, River, a sua irmã alucinada, Jayne, o brutamontes que não podia faltar à festa, Book, o pastor e Inara, a... er... "companheira" O:-) Sim, este futuro é muito liberal O:-)

Depois há bandidos, soldados e uma série de personagens que vão aparecendo.

Todos os episódios são fabulosos. Simplesmente fantásticos.



Tal como no velho oeste, estes nossos amigos andam armados com pistolas. Afinal de contas, é a nova fronteira...

Imaginem portanto um misto de ficção científica e western.

Estão a imaginar?

OK, é melhor ainda!

Mas a série já é de 2002...

Ora então, porque é que nunca chegou até nós pelos canais públicos?

Pela mesma razão que a segunda série nunca foi feita. Na verdade, a primeira foi cancelada.

E não foi por ser má...

Reparem, os 14 episódios seguiam assim:

01, 02, 03, 04, 05, 06, 07, 08, 09, 10, 11, 12, 13, 14.

Básico, não é?

Ora então aqui está a ordem pela qual a FOX decidiu passar os episódios:

02, 03, 06, 07, 08, 04, 05, 09, 10, 14, 01, 13, 11, 12.

Estão a ver o absurdo?

Alguém lá de cima decidiu que esta seria uma melhor ordem. Qualquer coisa a ver com os episódios mais mexidos, etc.

Resultado?

Ninguém conseguia seguir a série, como é óbvio!

É que ainda por cima não passaram logo o primeiro episódio, aquele em que se ficava a conhecer as personagens.

Ou seja, o espectador leva logo com um episódio cheio de acção sem saber bem de onde é que veio quem...

E, claro está, a série acabou por ser cancelada.



Em 2004 fez-se o filme Serenity, continuação da série, mas este pecou por ser precisamente isso: a continuação da série. É, praticamente, o episódio 15 com um ou dois flashbacks para contextualizar o espectador.

Ainda assim, tenho-vos a dizer que vi este filme no cinema e o detestei.

Agora vi a série, adorei-a, vi novamente o filme e sim, posso-vos dizer que é uma obra de arte.

Altamente recomendável :-)