Tuesday, July 31, 2007

Está tanto calor...

Que nem os mosquitos aparecem! :-|

Monday, July 30, 2007

Atalhos



Na barra de cima do browser, fui-me habituando a colocar bookmarks/atalhos de uma só letra, para ocupar menos espaço.

Na imagem que vêm, o G é de Google, o P é de Perlmonks, o I é de IMDB, o L é de LinkedIn, etc...

O problema, como alguns de vocês já devem ter reparado...

E como eu ainda não tinha reparado...

É que, logo a seguir ao G, as letras seguintes formam a palavra "PILA".

Acho que tenho que reorganizar isto...

Os gatos vão sempre à areia?

Há pouco tempo atrás uma amiga falava-me da sua gatinha que tinha saído por uma janela no sotão e, consequentemente, desaparecido.

Andou toda a gente à procura dela e não a encontraram.

Às 4 da manhã a gata lá voltou, toda contente como se nada se tivesse passado, a miar pelas escadas abaixo:

- Miau miau miau miau miau miau.

Pouco tempo depois uma outra pessoa falava da gata que tinha saído e que tinha voltado para ir à areia.

Dizia ela:

- Pois, a necessidade foi maior...

Por isso já sabem, quando virem um grupo de gatos e de repente virem um a miar e depois a ir-se embora, quando ele diz:

- Miau miau miau miau.

O que ele está a dizer é realmente:

- Bem, pessoal, tenho que ir para casa, estou aflito para mijar!

Thursday, July 26, 2007

Ah pois é!

Ele #1: Descemos para baixo?

Ele #2: É melhor, que descer para cima é difícil!

Ele #1: Então e se estiveres em cima de uma mesa e quiseres descer para cima de um banco?

Saturday, July 21, 2007

Sophie Ellis-Bextor

Já alguma vez vos falei da Sophie Ellix-Bextor?

Pois é, eu gosto.

Olhos bonitos, gira, bela voz e um belo som.

Deixo-vos não com um, não com dois, mas com três vídeos da Sophie!

Murder on the Dance Floor, Get Over You e Mixed Up World!

Divirtam-se! :-)





Boavista

Encosto o carro, saio, dirijo-me ao transeunte mais próximo e pergunto:

- Será que me pode ajudar? Eu quero descer a Avenida da Boavista. Qual destas saídas é que eu quero?

Depois de alguma hesitação, o moço lá me conseguiu dizer o que eu queria.

Quando eu já estava a entrar no carro diz ele:

- Mas são quatro quilómetros...

Com a cara de preocupado do rapaz, juro-vos que estive quase para dizer "Ah, então já não vou!"

Mas não, em vez disso disse:

- Certo.

- É que vai até ao mar...

E neste ponto tive que me conter para não dizer "Não se preocupe, eu páro antes!"

Monday, July 16, 2007

Ainda aqui!

Sim, eu sei que não tenho escrito. Não, não vou dizer porquê.

Em vez disso, vou-vos dizer sobre que é que teria escrito durante estas últimas semanas, se o tivesse feito.

Teria escrito sobre duas séries que vi e de que gostei bastante: Heroes e The Unit. Talvez ainda venha a escrever sobre elas, um dia destes.

Teria escrito sobre o quanto eu não recomendo Houston enquanto destino de férias.

Teria escrito sobre os três destinos de férias que neste momento tenho em mente e sobre a companhia que quero levar comigo quando for para cada um deles.

Teria escrito sobre duas pessoas de quem gosto bastante e que merecem bem melhor que aquilo por que estão a passar (hum... se calhar devia apresentá-las).

Teria escrito sobre pessoas que são incapazes de sentir realmente e cujo egocentrismo acaba por estragar a vida a quem as rodeia.

Teria escrito uma série de palhaçadas, porque a minha vida continua normalmente e eu continuo a ser eu.

Teria escrito sobre lealdade, dedicação e a falta destas duas qualidades.

Teria escrito sobre imprevistos e sobre coisas que não contamos ouvir e que nos apanham de surpresa.

E talvez tivesse escrito sobre o porquê de não ter escrito nada ultimamente, mas se o tivesse feito esta frase deixaria de fazer sentido, não é?

E seguramente que teria escrito que não necessito de viajar para desregular por completo as minhas horas de sono...

Mas não teria escrito, seguramente, sobre os planos que há poucas horas fiz para esta próxima semana, em que estarei de férias.

É que há coisas que sabem melhor com as más companhias bem longe e sem chatear...

Por outro lado, e como diz uma amiga minha, isso se calhar é dar demasiada importância a essas pessoas.

Seja como for, os calções já estão na mochila.

Agora vou dormir um pouco e amanhã ponho-me a caminho.

Vou aproveitar para testar novamente uma velha teoria...

Queres ver quem se importa? Então vai... E logo vês quem vai atrás de ti.

Se ficarem para trás, é sinal de que não lhes fazes falta.

Até já!