Thursday, January 24, 2008

E os insultos continuam

Ele vira-se para mim e diz:

- Porco.

Eu sorrio, há um momento de silêncio e ele diz:

- Diz-me lá, fui o primeiro, hoje?

Eu sorrio novamente e digo:

- Não, foste o segundo...

- Ah, bolas... Mas tudo bem, há sempre o amanhã...