Wednesday, February 06, 2008

Die Hard o caraças...

Falemos primeiro de uma saga como Blade.

O primeiro filme até foi giro.

O segundo foi menos bom.

O terceiro? Eu nem chamaria aquilo um filme... Caçar vampiros com auscultadores nos ouvidos e música nas alturas? Mas isto cabe na cabeça de alguém?

Enfim, parece ser algo comum, isto das sequelas serem cada vez piores, e Die Hard não é excepção.

O primeiro foi bom.

O segundo foi menos bom, mas também foi giro.

O terceiro? Realmente foi mauzinho, mas... Pelos vistos alguém deve ter dito: "Calma! Nós ainda conseguimos fazer pior!" E toca de o provar a todo o mundo.

O filme conta com muita informática sem sentido que faz as disquetes que tenho no sotão tremer de medo.

Na primeira cena de acção, Bruce Willis, armado unicamente com uma pistola, consegue deter um grupo de cinco criminosos com armas pesadas.

Então? O gajo não era polícia, só? Quando é que ele teve treino especial?

A coisa procede enquanto Bruce se debate com miúdas do kung-fu (cair do segundo andar e regressar lá acima dentro duma carrinha é lindo), helicópteros e, até mesmo, um F-35 (que só deverá existir em 2012).

E sim, ele até do F-35 trata, munido apenas de um camião!

O filme é tão ridículo que eu nem sei como é que depois também não apareceu um Space Shuttle.

Anyway, a única coisa que eu tenho para dizer aos produtores é o seguinte: Nós já percebemos! Nós já sabemos que para vocês não há limite, que conseguem sempre fazer algo pior! E com isto quero deixar bem claro que nós já acreditamos, e que não é preciso fazer outra destas para nos provar nada, OK?

E agora, quem foi o gajo que me disse que o filme era bom, que é para eu ter uma conversinha com ele?

Ai, que eu nem quero imaginar o Rambo 4...