Sunday, July 05, 2009

Melão

Levantei-me, vi o mail, vesti-me e fui ao mini mercado aqui ao pé fazer umas compras.

Duas pessoas à minha frente na fila estava uma senhora idosa.

A gerente já tinha sido chamada; chegou e a empregada explicou a situação:

- Esta senhora comprou um melão e pediu que o abrissemos, que o queria provar. Ela disse que pagava na mesma; pagou, nós abrimos, ela provou e agora diz que não quer.

A gerente fala com a senhora:

- Mas o melão está estragado?

- Não, mas eu não gosto.

- Mas se o melão está bom eu não lho posso aceitar de volta.

- Mas eu já não o quero levar.

Neste momento, entre as duas, está um melão com um buraco quadrado, que as as empregadas tiveram a bondade de cortar para a senhora provar o melão ali mesmo. O quadrado deve ter uns 3 a 4 centímetros de lado e é fundo.

A gerente diz:

- Mas eu não lho posso aceitar. Se o melão estivesse podre eu aceitava, mas se está bom... Eu não posso fazer isso. O que é que eu fazia depois ao melão?

E eis a rápida resposta da senhora:

- Mete-se lá no fundo e depois alguém leva!

Long story short, lá foi a senhora, sem melão (que não o quis levar), mas com um grande melão...

Antes de ir ainda falou com mais algumas funcionárias para tentar levar duas meloas sem pagar. Não resultou.